Escolha as suas informações

Há 340 residentes do Grão-Ducado à espera de serem repatriados
Luxemburgo 23.03.2020 Do nosso arquivo online

Há 340 residentes do Grão-Ducado à espera de serem repatriados

Há 340 residentes do Grão-Ducado à espera de serem repatriados

Luxemburgo 23.03.2020 Do nosso arquivo online

Há 340 residentes do Grão-Ducado à espera de serem repatriados

Redação
Redação
O ministro dos Negócios Estrangeiros informou que tem uma equipa a tratar com urgência destes casos mas alguns aeroportos no estrangeiro têm de permitir os voos de repatriamento.

O ministério dos Negócios Estrangeiros criou uma equipa especial para repatriar os 340 luxemburgueses que, neste momento, estão fora do país e estão com dificuldades em regressar ao Grão-Ducado. "Esta equipa está a trabalhar 24 horas por dia, sete dias por semana para conseguir repatriar" estes luxemburgueses.

"Estão um pouco por todo o mundo", entre emigrantes e turistas, vincou Jean Asselborn na conferência de imprensa realizada esta tarde. Como, por exemplo, em Cuba, onde se encontra um "grupo de estudantes" residentes no Grão-Ducado, nas ilhas de Cabo Verde, no Equador, ou noutros países fora da Europa.

Analisar todas as situações

Também há luxemburgueses que estão em países da Europa, que entretanto, encerraram as fronteiras, como um grupo de turistas em Espanha, e querem regressar a casa.

O governante garantiu que a equipa do seu ministério está a analisar todas as mensagens que chegam destes residentes no estrangeiro, "mensagens por email, correio ou mesmo colocadas nas redes sociais".

Para já, o governo está a preparar a repatriação dos residentes do país que se encontram em Cabo Verde, estando a organizar com a LuxAir um voo especial para os trazer de volta.

Por outro lado, o ministro afirmou ter apelado à abertura de alguns aeroportos para "poder organizar os voos de repatriamento".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.