Escolha as suas informações

Entre os lusófonos houve ainda a eleição do português Jorge Manuel Gonçalves dos Santos, da associação Smiley Kids.
Breves Luxemburgo por Henrique DE BURGO 07.10.2021

O CLAE reúne 188 associações no Luxemburgo com ligação aos imigrantes.

O Comité de Ligação das Associações (CLAE) tem um novo comité executivo, para o próximo mandato de três anos. As eleições decorreram na Assembleia Geral de terça-feira, com destaque para a escolha de sete representantes da comunidade guineense entre os 29 delegados eleitos (de um total de 74 candidatos).

Entre os lusófonos houve ainda a eleição do português Jorge Manuel Gonçalves dos Santos, da associação Smiley Kids, e da cabo-verdiana Nelida Fatuda da Cruz, da associação EducActions Cabo Verde.

Segundo confirmou a responsável de comunicação do CLAE, Kristel Pairoux, à Rádio Latina, os delegados vão reunir-se nos próximos dias para eleger o conselho de administração do comité, que é composto, no máximo, por nove pessoas.

Os guineenses eleitos são Abdulai Djabi e Iaia Djalo (associação 'ACH - Cabaz de Harmonia) Fernando Mendes (associação Guineense de Cabienque no Luxemburgo), João Raul Mendes Pereira e Mário Tomaz Uco (associação de filhos de descendentes e amigos de Canhobe - Luxemburgo), Suleimane Queta (associação Fidjos, Amigos de Cantchungo na diáspora), José Ross Dayves (associação Luso-Guineense no Luxemburgo).

À parte dos sete eleitos guineenses, João Francisco Mango (Fidjos, Amigos de Cantchungo na diáspora) e António Pereira (Comissão Política do PAIGC no Luxemburgo) ficaram empatados no 30° e último lugar, sendo que vão ter direito a participar na reunião que vai servir para escolher o novo conselho de administração do CLAE.

O CLAE reúne 188 associações no Luxemburgo com ligação aos imigrantes.