Escolha as suas informações

Grão-Duque reuniu-se com diretora da ADEM para discutir situação do emprego no Luxemburgo
Luxemburgo 23.10.2020

Grão-Duque reuniu-se com diretora da ADEM para discutir situação do emprego no Luxemburgo

Grão-Duque reuniu-se com diretora da ADEM para discutir situação do emprego no Luxemburgo

Foto: Cour grand-ducale
Luxemburgo 23.10.2020

Grão-Duque reuniu-se com diretora da ADEM para discutir situação do emprego no Luxemburgo

Isabelle Schlesser levou ao monarca as suas preocupações com os trabalhadores em situação precária.

O Grão-Duque Henri recebeu esta quinta-feira, Isabelle Schlesser, Diretora da Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM).

No encontro, refere a a página de Instagram Grã-ducal, a responsável do ADEM  levou as suas preocupações sobre "os desafios particulares que a pandemia representa para o desenvolvimento do emprego", e aos quais o próprio organismo terá de se adaptar.

Isabelle Schlesser transmitiu ao Grão-Duque a importância de ter presente que, embora o trabalho a tempo reduzido tenha sido um instrumento valioso na gestão da crise, não se deve esquecer que a aceleração das mudanças estruturais, na forma como as pessoas trabalham, representa um desafio particular para os trabalhadores em situações precárias. 

O encontro entre a diretora da ADEM e o Grão-Duque segue-se a outras audiências, realizadas esta semana, com representantes de associações luxemburguesas, como a Associação de Médicos e Dentistas, e com Claudia Monti, Provedora de Justiça e Mediadora do Grão-Ducado do Luxemburgo.

O objetivo é entender como cada estrutura se está a adaptar à pandemia e quais as principais preocupações e desafios.

Príncipe Guillaume faz doação à Cáritas

Na quarta-feira, 21 de outubro, o Príncipe Guillaume e a Princesa Stéphanie visitaram a sede da Cáritas entregar um cheque com um donativo.

Recebido por Marie-Josée Jacobs, presidente da Cáritas do Luxemburgo, o montante do cheque - que não foi revelado pela Coroa - resulta "da generosidade de todos aqueles que fizeram uma doação no contexto do nascimento do príncipe Carlos", refere a informação oficial.

Entre outras causas, o donativo servirá para apoiar projetos de assistência à criança implementados pela Cáritas do Luxemburgo no Sul do Sudão, onde, atualmente, mais de um milhão de crianças sofrem de desnutrição aguda e uma criança em cada dez morre com menos de cinco anos de idade. Um drama que ase agravou com a crise do coronavírus. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.