Escolha as suas informações

Governo vai rever apoio à imprensa
Luxemburgo 18.09.2020

Governo vai rever apoio à imprensa

Governo vai rever apoio à imprensa

Foto: Pixabay
Luxemburgo 18.09.2020

Governo vai rever apoio à imprensa

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Atualmente, a ajuda pública à imprensa é determinada pelo número de páginas publicadas. No futuro, o que vai contar é o número de jornalistas profissionais a trabalhar para o órgão de comunicação social.

O primeiro-ministro e ministro dos Media, Xavier Bettel, apresentou esta terça-feira, no Parlamento, as grandes linhas da reforma de apoio à imprensa.

A legislação em vigor data de 1976 e já não corresponde à realidade, em que a internet é cada vez mais importante no panorama da informação.

Um órgão de comunicação social que respeite os critérios poderá assim receber até 200.000 euros, acrescidos de 30.000 euros por jornalista profissional.

Os critérios para obter subsídios do Estado são: a difusão de informação destinada aos residentes do país, dispor de uma equipa de pelo menos cinco jornalistas, com contrato efetivo, e recorrer a uma das línguas utilizada por pelo menos 15% da população.

Segundo Xavier Bettel, à exceção de dois casos, todos os editores vão receber mais dinheiro em subsídios com a futura reforma. Daí se prever um regime de compensação que durante cinco anos vai devolver a diferença entre o montante recebido em 2019 e o montante previsto pelas novas disposições.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Xavier Bettel fala ao país às 18h00
O chefe de governo convocou para este domingo um conselho de ministros extraordinário, dedicado a medidas para combater a propagação do coronavírus, que serão apresentadas no final da reunião, em conferência de imprensa.