Escolha as suas informações

Governo já começou a distribuir segunda remessa de testes rápidos à Horeca
Luxemburgo 26.05.2021

Governo já começou a distribuir segunda remessa de testes rápidos à Horeca

Governo já começou a distribuir segunda remessa de testes rápidos à Horeca

Luxemburgo 26.05.2021

Governo já começou a distribuir segunda remessa de testes rápidos à Horeca

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O Governo começou ontem a distribuir novos kits de autotestes ao setor da Horeca. Cafés e restaurantes têm direito a uma segunda entrega de autotestes oferecidos pelo Governo.

Após uma primeira remessa gratuita de cerca de 500 mil testes rápidos de antigénio para permitir o regresso em segurança dos clientes no interior de cafés e restaurantes, o Governo decidiu avançar com uma segunda entrega. 

Os vales que permitem o acesso aos autotestes à covid-19 já começaram a ser enviados, por correio, aos estabelecimentos. Basta depois fazer uma marcação e levantar os kits na LuxExpo The Box, em Kirchberg, do lado do parque de estacionamento “norte”.


Horesca pede fim dos testes rápidos obrigatórios em restaurantes já em junho
A Federação considera que a retoma do sector continua lenta e é preciso maior clareza por parte do Governo em relação às medidas tomadas.

Numa fase posterior e quando acabarem os testes fornecidos pelo Governo, caberá às empresas comprarem os autotestes de antigénio, sendo que há já uma lista com os testes recomendados pelo Governo.

Os testes são obrigatórios apenas para quem quer sentar-se no interior dos estabelecimentos, sendo que há três formas de testes possíveis: autotestes no local, testes rápidos de antigénio feitos por um profissional da saúde ou os testes laboratoriais PCR.

Os clientes que fazem o teste à covid-19 no interior do estabelecimento devem manter a máscara de proteção até à obtenção do resultado. Caso o resultado seja positivo, a pessoa deverá abandonar o local e colocar-se imediatamente em autoisolamento.

Note-se que muitas autarquias do Luxemburgo também decidiram apoiar o setor da Horeca, distribuindo vales aos seus residentes para que estes possam fazer testes rápidos, realizados por profissionais da saúde, válidos durante 24 horas.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A falta de clareza do Governo sobre a realização obrigatória dos testes rápidos anti-covid para entrar no interior dos restaurantes está a gerar o caos em véspera da abertura das salas, a 16 de maio. E quando acabarem os testes oferecidos ao setor, quem os vai pagar?, questionam ao Contacto proprietários e políticos.