Escolha as suas informações

Governo disposto a apoiar Guardian Luxguard para salvaguarda da produção no Luxemburgo
Luxemburgo 26.08.2020 Do nosso arquivo online

Governo disposto a apoiar Guardian Luxguard para salvaguarda da produção no Luxemburgo

Governo disposto a apoiar Guardian Luxguard para salvaguarda da produção no Luxemburgo

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 26.08.2020 Do nosso arquivo online

Governo disposto a apoiar Guardian Luxguard para salvaguarda da produção no Luxemburgo

Sandro CABETE DOS SANTOS
Sandro CABETE DOS SANTOS
Há o risco de despedimento de 200 trabalhadores.

Depois de dois piquetes de protesto em julho último, delegações do sindicato OGBL e dos trabalhadores do grupo norte-americano Guardian Luxguard apelaram à intervenção do Governo no que tudo indica vir a ser o fim de uma unidade fabril e mais um plano de despedimento coletivo no Luxemburgo. 

O ministro da Economia, Franz Fayot, que recebeu as delegações na segunda-feira, garante estar "disposto a viajar até aos Estados Unidos da América (EUA) para se encontrar com os dirigentes da Guardian, com o objetivo de os convencer a manter ou até mesmo consolidar a produção industrial do grupo no Luxemburgo".

Fayot assegura "compreender a situação difícil dos trabalhadores e a incerteza com a qual as suas famílias estão confrontadas". Daí assegurar, em comunicado, que "o governo apoia o recurso às diferentes medidas resultantes de um plano de manutenção no emprego", dando como exemplo "a pré-reforma de ajustamento [destinada a trabalhadores com 57 anos de empresas em vias de encerramento ou de reestruturação] e o financiamento de formações de reconversão profissional". Quanto à "eventual reconstrução de um forno numa das duas fábricas da Guardian, em Bascharage ou Dudelange", o ministro da Economia "prepara-se para incentivar a Guardian, através de ajudas financeiras, a investir numa nova instalação de produção de vidros de alto valor acrescentado". Recorde-se que a Guardian Luxguard prepara-se para reduzir os 453 trabalhadores a praticamente metade. Depois da fusão das instalações de Dudelange e Bascharage, o fabricante norte-americano quer avançar para um plano social com 201 despedimentos.   

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Os diretores da fábrica de vidro Guardian Luxguard, o sindicato OGBL e a delegação dos trabalhadores assinaram ontem um plano de manutenção de emprego, com validade para 24 meses, revelou esta terça a central sindical em comunicado.