Escolha as suas informações

Gasperich: Presidente da República lamenta morte de cidadão português no Luxemburgo
Luxemburgo 11.11.2016

Gasperich: Presidente da República lamenta morte de cidadão português no Luxemburgo

Gasperich: Presidente da República lamenta morte de cidadão português no Luxemburgo

Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 11.11.2016

Gasperich: Presidente da República lamenta morte de cidadão português no Luxemburgo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje a morte de um cidadão português, vítima de um acidente de trabalho em Gasperich, no Luxemburgo.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje a morte de um cidadão português, vítima de um acidente de trabalho em Gasperich, no Luxemburgo.

Numa nota divulgada na página da Presidência na Internet, o chefe de Estado acrescenta que "acompanha a situação clínica de outro cidadão português, ferido com gravidade no mesmo acidente" e "expressa às famílias das vítimas a sua solidariedade nesta hora de angústia".

Um trabalhador português morreu e outro ficou gravemente ferido numa obra no Luxemburgo, na sequência da queda de uma placa de betão na obra de um centro comercial, disse hoje à Lusa o cônsul de Portugal no Luxemburgo.

Segundo o cônsul, que está a acompanhar o caso, o português, de 32 anos, era natural de Mira e estava inscrito no Consulado de Portugal desde 2009.

Outro trabalhador português ficou gravemente ferido e continua hospitalizado. O acidente aconteceu na quinta-feira, num centro comercial em construção, quando uma placa de betão desabou e "atravessou vários andares", atingindo os dois trabalhadores, segundo fonte da Polícia.

Este ano já morreram pelo menos três trabalhadores portugueses em acidentes de trabalho em obras no Luxemburgo.

Em abril, dois portugueses morreram no espaço de uma semana, ambos a trabalhar para sociedades de construção do mesmo empresário e um terceiro morreu ao cair de um andaime em Syren, no sul do Luxemburgo.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Família de português que morreu em acidente de trabalho quer respostas
O acidente em 10 de novembro de 2016 nas obras do centro comercial Auchan, em Gasperich, "podia ter sido evitado se tivessem sido seguidas todas as normas de segurança", considerou na altura o ministro do Trabalho. Dois anos depois, a família do trabalhador português que morreu continua sem saber a causa do acidente.
Accident Ban de Gasperich, le 10 Novembre 2016. Photo: Chris Karaba