Escolha as suas informações

Breves Luxemburgo 10.09.2020

Gasolina super 95 baixa de preço a partir da meia-noite

O gasolina Super 95 octanas vai baixar de preço cerca de 1,5 cêntimos por litro.

Este combustível passa assim a custar 1,091 euros por litro já a partir da meia-noite.

Recorde-se que, há mais de uma semana, o preço da gasolina Super 98 octanas baixou quase dois cêntimos (0,016) , passando a custar 1,158 euros por litro.

Recorde-se que também o gasóleo ficou mais barato. O preço baixou cerca de um cêntimo para os 95 cêntimos por litro.  

Breves Desporto 18.09.2020

Futebol. Luxemburgo sobe um lugar no ranking da FIFA

A seleção do Luxemburgo subiu para o lugar 97 do ranking da Federação Internacional de Futebol (FIFA). 

Segundo a nova publicação do ranking, divulgada esta quinta-feira pela FIFA, os ‘leões vermelhos’ subiram uma posição na tabela, em relação ao mês de agosto (98°).

Em setembro, a seleção do Luxemburgo efetuou duas partidas na Liga das Nações, com uma vitória fora, frente ao Azerbaijão, por 2-1 (5 de setembro), e uma derrota caseira contra o Montenegro, por 1-0 (8 de setembro).O ranking continua a ser liderado pela seleção belga. 

Bélgica, França, Brasil, Inglaterra e Portugal são, por esta ordem, os cinco primeiros classificados.  

Breves Economia 18.09.2020

Empresa luxemburguesa Lamesch Suez deverá ser vendida a grupo alemão

A empresa luxemburguesa de gestão de resíduos Lamesch Suez, filial do grupo francês Suez, deverá passar para as mãos do grupo alemão Schwarz, o maior grupo de retalho na Europa. O grupo Suez está atualmente a negociar a venda da sua filial no Luxemburgo, que deverá ser formalizada no primeiro semestre de 2021. 

Segundo um comunicado divulgado no site da Lamesch Suez, foi assinado um memorando de entendimento com a empresa alemã de gestão de resíduos PreZero, que pertence ao grupo Schwarz, detentora também da cadeia de supermercados Lidl.

As negociações entre o grupo francês de tratamento de águas e efluentes e a PreZero deverá ainda incluir as filiais da Suez na Holanda, Alemanha e Polónia. No Luxemburgo, a Lamesch Suez emprega atualmente cerca de 600 trabalhadores.