Escolha as suas informações

Um dos evadidos do centro detenção de Metz foi detido no Luxemburgo
Luxemburgo 17.09.2022
Em fuga de França

Um dos evadidos do centro detenção de Metz foi detido no Luxemburgo

Foto de ilustração.
Em fuga de França

Um dos evadidos do centro detenção de Metz foi detido no Luxemburgo

Foto de ilustração.
Luxemburgo 17.09.2022
Em fuga de França

Um dos evadidos do centro detenção de Metz foi detido no Luxemburgo

AFP
AFP
O fugitivo é um dos 12 imigrantes ilegais que se evadiram do Centro de Metz, em França, na passada quarta-feira. Segunda-feira será julgado naquela cidade francesa.

Um dos 12 imigrantes ilegais que fugiram do Centro de Detenção Administrativa (CRA) de Metz-Queuleu, na quarta-feira à noite, escapou para o Luxemburgo onde foi detido na sexta-feira à noite, e colocado sob custódia policial, anunciou este sábado o Ministério Público de Metz no sábado. 

O fugitivo será julgado na próxima segunda-feira no Tribunal Penal de Metz,  precisou a procuradora-adjunta, Christel Haquet. O fugitivo detido no Luxemburgo é o segundo dos 12 imigrantes a ser capturado. 

 A evasão dos imigrantes detidos por situação irregular ocorreu na quarta-feira à noite, entre o jantar e a chamada. Os fugitivos terão usaram um gancho caseiro para abrir um portão antes de escalar uma vedação, segundo noticiou o informações diário regional Le Républicain Lorrain e a RMC.  

Após a fuga dos 12 imigrantes do CRA, foi aberta uma investigação por "evasão à detenção administrativa" e "danos", e confiada à Polícia de Fronteira, segundo já tinha anunciado o Ministério Público.


França. Doze pessoas fugiram do centro de detenção de Metz
Um dos fugitivos foi recapturado na quarta-feira à noite pela polícia e encontra-se atualmente "sob observação" no hospital.

 Dos 12 fugitivos, de nacionalidade argelina, marroquina e líbia, apenas um tinha sido recapturado até quarta-feira à noite pela polícia e colocado "sob observação" no hospital, disse o procurador-geral adjunto, Thomas Bernard. 

 Localizado ao lado da prisão, o centro de detenção administrativa de Metz-Queuleu tem uma capacidade de 98 pessoas. Os estrangeiros colocados no CPA encontram-se numa situação irregular e aguardam a expulsão. Podem lá permanecer até 90 dias. Em 2021, 917 pessoas estiveram detidas neste centro, de acordo com o relatório anual do CRA publicado por várias associações de defesa dos refugiados, incluindo Cimade e France Terre d'Asile.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.