Escolha as suas informações

Fugitivo mais procurado do Luxemburgo libertado em Espanha
Luxemburgo 13.09.2020

Fugitivo mais procurado do Luxemburgo libertado em Espanha

Fugitivo mais procurado do Luxemburgo libertado em Espanha

Foto: DR
Luxemburgo 13.09.2020

Fugitivo mais procurado do Luxemburgo libertado em Espanha

Redação
Redação
Detido a 10 de Agosto em Punta Umbria, Jean-Marc Sirichai Kiesch foi colocado em liberdade condicional por um tribunal de Madrid.

Jean-Marc Sirichai Kiesch, considerado o fugitivo mais procurado do Luxemburgo, foi libertado, este fim de semana, em Espanha, país onde se encontrava detido.

O homem de 39 anos saiu sob liberdade condicional, por ordem de um tribunal de Madrid, e terá de comparecer perante as autoridades de 15 em 15 dias, tendo o seu passaporte sido apreendido. 

Esta libertação não altera os termos do mandado de captura europeu enviado pelas autoridades judiciais luxemburguesas ao sistema judicial espanhol, segundo garantiu o Ministério Público luxemburguês ao L'Essentiel. 

Jean-Marc Sirichai Kiesch tinha sido detido a 10 de Agosto em Punta Umbria, na província de Huelva, Andaluzia, após 16 anos em fuga.

O tribunal de Madrid decidiu pela libertação condicional de Kiesch pelo facto de já estar estabelecido em Espanha, onde vive com a namorada e uma criança pequena, e pelo tempo decorrido (21 anos) desde que cometeu o crime no Luxemburgo. 

No entanto,  de acordo com o L' Essentiel, que cita fonte do Ministério Público, as autoridades judiciais luxemburguesas esperam obter, "nos próximos dias", esclarecimentos sobre o pedido de detenção que tinham feito, não descartando a possibilidade de pedir recurso desta decisão recente.

Jean-Marc Sirichai Kiesch foi condenado por homicídio, em janeiro de 1999, em Eppelorf, no município de Ernz Valley. 

Era procurado desde outubro de 2004, altura em que escapou, aproveitando uma licença de saída, acabando por fugir para o sul de Espanha.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas