Escolha as suas informações

Franz Fayot. Novo ministro da Cooperação recebe CD de Cesária Évora na tomada de posse
Luxemburgo 5 05.02.2020 Do nosso arquivo online

Franz Fayot. Novo ministro da Cooperação recebe CD de Cesária Évora na tomada de posse

Franz Fayot recebeu um CD de Cesária Évora e um 'pano de terra' de Cabo Verde da sua predecessora, Paulette Lenert.

Franz Fayot. Novo ministro da Cooperação recebe CD de Cesária Évora na tomada de posse

Franz Fayot recebeu um CD de Cesária Évora e um 'pano de terra' de Cabo Verde da sua predecessora, Paulette Lenert.
Foto: : Luc Deflorenne
Luxemburgo 5 05.02.2020 Do nosso arquivo online

Franz Fayot. Novo ministro da Cooperação recebe CD de Cesária Évora na tomada de posse

Cabo Verde é atualmente o principal parceiro da Cooperação luxemburguesa.

(HB) - Franz Fayot é desde hoje o novo ministro da Cooperação e Ação Humanitária, substituindo no cargo Paulette Lenert.

A transferência de poderes ficou marcada pela entrega simbólica do CD "Cesária Évora Best of" e artesanato de Cabo Verde, país que é o principal parceiro da cooperação luxemburguesa.

Franz Fayot, ex-presidente do partido LSAP, acumula assim a pasta da Cooperação com o Ministério da Economia, depois de Etienne Schneider ter deixado ontem o Governo, ao fim de oito anos no Executivo.


Ministra da Cooperação visita projetos do Luxemburgo em Cabo Verde
O Luxemburgo é um dos principais parceiros de Cabo Verde.

Já Paulette Lenert, que mantém a tutela da Proteção dos Consumidores, troca o Ministério da Cooperação com o Ministério da Saúde, que também pertencia a Etienne Schneider.

Paulette Lenert esteve de visita a Cabo Verde, em julho do ano passado, para passar em revista os projetos de cooperação do Luxemburgo e para inaugurar uma oficina do Centro de Emprego e Formação Profissional nos Espargos, na ilha do Sal.


Luís Filipe Tavares é o primeiro membro do novo governo do MpD a visitar o Luxemburgo
Entrevista ao MNE de Cabo Verde: Cooperação continua a ser prioridade nas relações entre Cabo Verde e Luxemburgo
As relações entre o novo governo de Cabo Verde e o Luxemburgo vão continuar a ser marcadas pela cooperação. A garantia foi dada ontem pelo novo ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades do arquipélago, à chegada ao Grão-Ducado. Luís Filipe Tavares, que tem família no Luxemburgo há mais de 40 anos, chegou a jogar futebol com os conterrâneos no país, nos anos 80, quando estudada em França.

Cabo Verde foi o primeiro país a assinar o 4° programa indicativo de cooperação, orçado em 45 milhões de euros e em vigor entre 2016 e 2020. O programa tem como foco o Emprego e Empregabilidade (32 milhões de euros), Água e Saneamento (12,3 milhões) e Energias Renováveis (4,5 milhões).

O Luxemburgo tem financiado desde a década de 80 vários projetos no arquipélago. O Centro de Energias Renováveis e de Manutenção Industrial, e a escola de hotelaria e turismo são alguns exemplos.


Notícias relacionadas