Escolha as suas informações

Fotos. Mais de mil mineiros polacos protestam em Kirchberg
Luxemburgo 35 22.10.2021
Manifestação

Fotos. Mais de mil mineiros polacos protestam em Kirchberg

Sindicalistas protestam contra a decisão do Tribunal de Justiça da União Europeia de ordenar o encerramento da mina de carvão de Turow.
Manifestação

Fotos. Mais de mil mineiros polacos protestam em Kirchberg

Sindicalistas protestam contra a decisão do Tribunal de Justiça da União Europeia de ordenar o encerramento da mina de carvão de Turow.
Foto: AGAP
Luxemburgo 35 22.10.2021
Manifestação

Fotos. Mais de mil mineiros polacos protestam em Kirchberg

Tiago RODRIGUES
Tiago RODRIGUES
Mais de mil manifestantes reuniram-se esta sexta-feira de manhã num protesto em grande escala contra o encerramento previsto de uma mina de carvão na Polónia, em frente ao Tribunal de Justiça da União Europeia, em Kirchberg.

(atualizado às 15h30) 

Por volta das 8h, os primeiros manifestantes reuniram-se perto do Tribunal de Justiça da União Europeia, em Kirchberg.

Durante a manhã, muitos autocarros com pessoas da Polónia foram intercetados perto da fronteira e escoltados pela polícia até ao local da manifestação. No total, mais de mil pessoas reuniram-se em frente ao Tribunal.

A polícia emitiu na quinta-feira um comunicado sobre o protesto, referindo que várias estradas estariam bloqueadas ao trânsito nas proximidades do Tribunal de Justiça.  

Por volta das 11h, a procissão, escoltada pela polícia, partiu em direção à embaixada checa na rotunda Schuman, onde os manifestantes chegaram por volta do meio-dia. 

Durante esta viagem, a avenida J. F. Kennedy foi bloqueada na direção do centro da cidade. A rotunda Schuman estava inacessível até às 13h, quando a manifestação se dispersou.

Inicialmente, foram anunciados cerca de 2.000 participantes. Segundo comunicado das autoridades, a atitude geral dos manifestantes foi pacífica e não foram relatados incidentes de relevo. 

No total, foram mobilizados cerca de 840 agentes da polícia, incluindo 100 agentes da Polícia Federal belga.

A polícia continua presente e irá acompanhar a situação em Kirchberg e no centro da cidade.

Sindicalistas polacos protestam contra a decisão do tribunal de ordenar o encerramento da mina de carvão de Turow, na sequência de uma queixa da República Checa.

Em setembro, o Tribunal de Justiça condenou a Polónia a uma pesada pena diária, por não ter encerrado a mina, como tinha ordenado em maio.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas