Escolha as suas informações

Fotogaleria. A procissão até às alturas de Wiltz

Fotogaleria. A procissão até às alturas de Wiltz

Foto: Lex Kleren
Luxemburgo 20 30.05.2019

Fotogaleria. A procissão até às alturas de Wiltz

A peregrinação anual ao santuário de Fátima é uma das mais importantes no Luxemburgo. Esta quinta-feira, milhares de pessoas reuniram-se em Wiltz, para conviver e prestar homenagem a Nossa Senhora de Fátima.

Todas as quintas-feiras de Ascensão, cerca de vinte mil fiéis, a maioria da comunidade portuguesa, participaram na famosa peregrinação anual dedicada a Nossa Senhora de Fátima, cujas alegadas aparições, em 1917, tornaram-na popular pelo mundo fora e deram origem a várias cerimónias religiosas em sua homenagem. No Luxemburgo, o santuário de Fátima foi construído em 1951, e partiu de uma promessa de um grupo de habitantes de Wiltz que, refugiados na cave da casa paroquial, em janeiro de 1945, prometeram construir um santuário se sobrevivessem à guerra. 


Vídeo. "Fátima, para mim, era na lua"
No dia 13 de janeiro de 1945, uma dezena de habitantes de Wiltz assinava uma promessa na cave da casa paroquial: se sobrevivessem à guerra, prometiam construir um santuário a Nossa Senhora de Fátima. E assim foi. Em vésperas da peregrinação anual, fomos a Wiltz com Marie-Josée e Antonia Thill, de 92 e 87 anos, as duas únicas sobreviventes que estiveram presentes na noite da promessa, para saber como tudo aconteceu.

Esta quinta-feira, na 52a edição, a procissão saiu às 14h30 da igreja de Wiltz, depois de ter sido lido o terço e de o convidado deste ano, o bispo de Coimbra, Dom Virgílio do Nascimento Antunes, ter dado a benção aos peregrinos. Mais uma vez, as ruas da comuna luxemburguesa encheram-se, e entre cânticos e orações, as pessoas subiram até ao topo da colina "Bäessent", nas alturas de Wiltz.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Vídeo. Em Wiltz, todos os caminhos vão dar a Fátima
Esta quinta-feira, milhares de pessoas subiram até colina de "Bäessent", em Wiltz, acompanhando a figura de Nossa Senhora de Fátima. Mais uma vez, o santuário encheu-se de cânticos e orações, e de lenços brancos para a despedida de Nossa Senhora, o momento mais emotivo para os fiéis.
Lokales, Pilgern zum Sanktuarium der ''Notre dame de Fatima'' in Wiltz, Foto: Lex Kleren/Luxemburger Wort
Arcebispo do Luxemburgo em Wiltz: "Portugueses não trouxeram apenas a força dos seus braços, mas também a sua fé!"
“Os portugueses não trouxeram apenas a força dos seus braços, mas igualmente a sua fé”, disse o arcebispo do Luxemburgo, Jean-Claude Hollerich, durante a missa que celebrou no santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Wiltz, esta quinta-feira. O arcebispo fez ainda questão de agradecer a comunidade portuguesa o que tem feito em prol do Grrão-Ducado em cinco décadas de imigração.