Escolha as suas informações

Flavio Becca vai recorrer da decisão do tribunal
Luxemburgo 05.03.2021 Do nosso arquivo online

Flavio Becca vai recorrer da decisão do tribunal

Flavio Becca vai recorrer da decisão do tribunal

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 05.03.2021 Do nosso arquivo online

Flavio Becca vai recorrer da decisão do tribunal

Diana ALVES
Diana ALVES
Em causa está um processo de branqueamento de capitais.

O promotor imobiliário luxemburguês, Flavio Becca, condenado ontem a dois anos de prisão com pena suspensa no caso da compra de relógios de luxo, vai recorrer da decisão do tribunal. Em causa está um processo de branqueamento de capitais.

A revista Paperjam escreve que o empresário não precisou de muito tempo para refletir e terá tomado a decisão na manhã de ontem, pouco depois de a sentença ser conhecida.

O Tribunal da Comarca da Cidade do Luxemburgo condenou-o na quinta-feira a dois anos de prisão com pena suspensa e ao pagamento de uma multa de 250.000 euros, num caso sobre a compra de mais de 800 relógios de luxo avaliados em cerca de 18 milhões de euros. Objetos que o promotor imobiliário terá adquirido por intermédio das suas empresas.

De acordo com o jornal Le Quotidien, o tribunal ordenou também a “apreensão de um determinado número de relógios”, embora o número exato não seja conhecido. Sabe-se, contudo, que uma parte dos objetos já tinha sido confiscada em 2011.A imprensa nacional conta também que a sentença inclui ainda o pagamento de 20.000 euros por cada relógio que não for entregue às autoridades.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas