Escolha as suas informações

Discurso do Grão-Duque será o ponto alto da Festa Nacional
Luxemburgo 22.06.2021
Feriado

Discurso do Grão-Duque será o ponto alto da Festa Nacional

Grão-Duque no discurso da Festa Nacional, em 2020.
Feriado

Discurso do Grão-Duque será o ponto alto da Festa Nacional

Grão-Duque no discurso da Festa Nacional, em 2020.
Foto: Julien Warnand
Luxemburgo 22.06.2021
Feriado

Discurso do Grão-Duque será o ponto alto da Festa Nacional

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O local central das comemorações desta quarta-feira será junto ao Monumento Nacional da Solidariedade, no Plateau du Saint-Esprit, na capital.

A cerimónia da Festa Nacional, a 23 de junho, vai ser pelo segundo ano consecutivo mais discreta do que o habitual, sem fogo de artifício ou a tradicional parada militar, devido à pandemia.

Mas ainda assim, esta quarta-feira, haverá uma comemoração oficial com membros de Governo e da casa real, sendo o ponto alto o discurso do Grão-Duque Henri. O local central das comemorações será junto ao Monumento Nacional da Solidariedade (Kanounenhiwwel - Colina dos Canhões), no Plateau du Saint-Esprit, na capital.

O Grão-Duque Henri será recebido no local, às 11h pelo presidente da Câmara dos Deputados, Fernand Etgen, pelo primeiro-ministro, Xavier Bettel, e pela burgomestre da capital, Lydie Polfer. O Chefe de Estado fará depois um discurso público, seguido de Fernand Etgen e Xavier Bettel, perante membros do Governo, do Parlamento e vereadores da comuna da Cidade de Luxemburgo.


Henri e Maria Teresa celebram este ano 40 anos de casados.
"Façam da Festa Nacional um momento de solidariedade", apelam grão-duques
A Fundação do Grão-Duque e da Grã-Duquesa criou uma nova campanha de solidariedade para apoiar as famílias mais carenciadas no país.

Vão assistir ainda à cerimónia membros do Conselho de Estado, do poder judicial, diplomatas, o Chefe de Estado-Maior do Exército e o Diretor-geral da Polícia. Após a cerimónia oficial, e como manda a tradição, vão ser disparados 21 tiros de canhão em homenagem ao Grão-Duque, a partir do planalto Fetschenhaff, em Cents.

O primeiro-ministro garantiu em abril que as celebrações da Festa Nacional só voltarão a ser realizadas como habitualmente "quando as autoridades de Saúde autorizarem o fim do uso da máscara". A homenagem às vítimas da covid-19 e aos profissionais de saúde, também prevista para 23 de junho, foi adiada para uma data a anunciar em breve.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

As habituais comemorações da Festa Nacional tiveram lugar esta quarta-feira, a partir das 11h, junto ao Monumento Nacional da Solidariedade, no Plateau du Saint-Esprit, na capital.