Escolha as suas informações

Fase experimental de autotestagem nas escolas arranca esta quarta-feira
Luxemburgo 24.03.2021

Fase experimental de autotestagem nas escolas arranca esta quarta-feira

Fase experimental de autotestagem nas escolas arranca esta quarta-feira

Foto: dpa
Luxemburgo 24.03.2021

Fase experimental de autotestagem nas escolas arranca esta quarta-feira

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O objetivo é que alunos e professores possam fazer os testes de forma autónoma e obter o resultado após 15 minutos de espera.

Os primeiros autotestes de diagnóstico à covid-19 nas escolas arrancam hoje, sendo que se trata de uma fase piloto que vai durar até 2 de abril. Tal como o ministro da Educação tinha anunciado no mês de fevereiro, a ideia é que alunos e professores possam fazer os testes de forma autónoma e obter o resultado após 15 minutos de espera.

Ao todo, para esta primeira etapa, foram encomendados nove mil kits de testes de despistagem ao SARS-COV-2, escolhidos pelo Laboratório Nacional da Saúde e que vão ser distribuídos, esta quarta-feira, por seis estabelecimentos escolares que fazem parte do projeto experimental: quatro escolas do ensino fundamental (Luxembourg – Beggen; Esch/Alzette – Lallange; Sanem – Scheierhaff; Dudelange – Lenkeschléi) e dois liceus (Atert Lycée Redange et Lycée Hubert Clément Esch/Alzette). 

No ensino fundamental, apenas os alunos dos segundo ao quarto ciclos poderão fazer o teste à covid-19 sozinhos na turma. Os alunos do primeiro ciclo irão receber um teste que poderão realizar em casa com os pais. Note-se que será necessário os pais darem o seu consentimento, por escrito, para que o aluno possa realizar o autoteste à covid no estabelecimento escolar.

Durante esta semana, pais, alunos e professores vão ser informados sobre o desenrolar da fase experimental, sendo que cada aluno irá receber um kit com um teste que poderá realizar em casa, com os seus pais. Uma forma de se familiarizar com o teste.Será então na semana seguinte, ou seja a partir de 29 de março, que cada aluno participante no projeto irá começar a realizar o autoteste na escola, mas sempre com a supervisão de um professor. 

A fase piloto será avaliada após o dia 2 de abril, em que se tentará detetar os problemas encontrados, tanto a nível técnico como psicológico, para depois decidir se os autotestes vão ser generalizados em todas as escolas, após as férias da Páscoa.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas