Escolha as suas informações

Exploração de minérios em asteróides: Governo luxemburguês assina acordo com empresa norte-americana
Luxemburgo 06.05.2016

Exploração de minérios em asteróides: Governo luxemburguês assina acordo com empresa norte-americana

Parece uma ideia saída da ficção científica, mas a exploração comercial do espaço pode estar a chegar

Exploração de minérios em asteróides: Governo luxemburguês assina acordo com empresa norte-americana

Parece uma ideia saída da ficção científica, mas a exploração comercial do espaço pode estar a chegar
Luxemburgo 06.05.2016

Exploração de minérios em asteróides: Governo luxemburguês assina acordo com empresa norte-americana

O Governo luxemburguês assinou esta quinta-feira um memorando de entendimento com a empresa norte-americana especializada em voos espaciais, Deep Space Industries, para a exploração de minérios em asteróides.

O Governo luxemburguês assinou esta quinta-feira um memorando de entendimento com a empresa norte-americana especializada na exploração em voos espaciais, Deep Space Industries (DSI), e com o banco Société Nationale de Crédit et d'Investissement para a "exploração, uso e comercialização de recursos extraídos em asteróides", refere o Ministério da Economia em comunicado.

O acordo envolve uma cooperação entre o Governo e a Deep Space Industries para desenvolver e lançar a primeira nave, Prospector-X, que vai explorar recursos minerais em asteróides.

"Esta promissora cooperação com a DSI, no âmbito da iniciativa spaceresources.lu, demonstra claramente o forte empenho do Governo luxemburguês em apoiar a exploração e uso futuro dos recursos espaciais. As negociações para formalizar a nossa relação com outras empresas que operam neste domínio estão em andamento. O nosso objectivo é atrair actividades de investigação espacial e capacidades tecnológicas para o Luxemburgo, que alberga um sector espacial cada vez mais importante como parte dos nossos contínuos esforços para diversificar a economia nacional", disse o ministro da Economia, Etienne Schneider.

O primeiro passo para a exploração do espaço foi dado em Fevereiro, quando o Luxemburgo tornou-se no primeiro país a criar um quadro regulamentar e jurídico favorável às empresas que queiram explorar comercialmente o espaço.

Essa iniciativa luxemburguesa teve lugar dois meses depois de Barack Obama ter promulgado o "Space Act", que autoriza a exploração comercial das riquezas encontradas nos asteróides e na Lua. O "Space Act" estabelece que todos os recursos encontrados por um cidadão ou empresa norte-americana no satélite natural da Terra ou em corpos celestes passarão a pertencer a quem os descobriu.

Um dos primeiros objectivos da Deep Space Industries é conseguir encontrar água no interior dos asteróides, que poderá servir como meio de propulsão da nave (em vez de outros combustíveis) e depois passar à exploração de metais preciosos como o outro ou a platina.


Notícias relacionadas

Parlamento: Lei do Espaço será votada a 13 de julho
O Conselho de Estado não emitiu qualquer parecer contra o projeto-lei sobre a exploração de recursos espaciais, a chamada "lei do Espaço", que deverá assim ser votada na Câmara dos Deputados a 13 de julho próximo.
(FILES)This NASA file image obtained January 31, 2012 and taken by NASA's Near Earth Asteroid Rendezvous mission in 2000, shows a close-up view of Eros, an asteroid with an orbit that takes it somewhat close to Earth. A newly unveiled company with some high-profile backers — including filmmaker James Cameron and Google co-founder Larry Page — has announced  April, 24, 2012 plans to mine near-Earth asteroids for resources such as precious metals and water.
Planetary Resources, Inc. intends to sell these materials, generating a healthy profit for itself. But it also aims to advance humanity's exploration and exploitation of space, with resource extraction serving as an anchor industry that helps our species spread throughout the solar system.      AFP PHOTO/NASA/HANDOUT/               == RESTRICTED TO EDITORIAL USE - MANDATORY CREDIT " AFP PHOTO / - NO MARKETING NO ADVERTISING CAMPAIGNS - DISTRIBUTED AS A SERVICE TO CLIENTS ==
Hoje em Kirchberg: No Fórum ICT Spring, Luxemburgo quer rimar com futuro
Especialistas das novas tecnologias e comunicações (ICT), empresas do sector aeroespacial, robótica, ciber-segurança, 'fintech' (tecnologias da economia e das finanças) são os convidados de mais um fórum ICT Spring Luxembourg, que decorre desde terça e termina hoje no centro de conferências em Kirchberg.
Luxemburgo lança-se na corrida ao ouro e minérios do espaço
O Luxemburgo quer atrair empresas e investidores para explorar os recursos naturais no espaço, incluindo minérios em asteróides, como o ouro ou a platina. O anúncio foi feito esta quarta-feira pelo ministro da Economia luxemburguês, Etienne Schneider, que sublinhou que o Grão-Ducado é o primeiro país europeu a criar um "quadro regulamentar e jurídico" favorável às empresas que queiram explorar comercialmente o espaço.
It may sound like something from a sci-fi movie but Luxembourg's joint-venture to mine asteroids is about to get very real.