Escolha as suas informações

Exceção. Apenas três escolas secundárias não tornaram a máscara obrigatória
Luxemburgo 25.11.2020 Do nosso arquivo online

Exceção. Apenas três escolas secundárias não tornaram a máscara obrigatória

Exceção. Apenas três escolas secundárias não tornaram a máscara obrigatória

Pixabay
Luxemburgo 25.11.2020 Do nosso arquivo online

Exceção. Apenas três escolas secundárias não tornaram a máscara obrigatória

Com os casos em crianças e adolescentes a representar 12% das infeções ativas no país, as escolas continuam a ter margem para não impôr o uso das proteções faciais.

Num leque de centenas, apenas três estabelecimentos escolares do Grão-Ducado, nomeadamente três escolas secundárias, não impõem o uso de máscara obrigatória aos alunos e trabalhadores, segundo o ministro da Educação, Claude Meisch.

Embora o Luxemburgo esteja a caminho de um novo confinamento parcial, a ser aplicado já a partir de quinta-feira, o governante não pretende alterar para já o estatuto que dá autonomia às escolas para decidir sobre esta matéria. Desde que foi instituído, no regresso às aulas, o uso de máscara na sala de aula foi deixado nas mãos das autoridades regionais e dos diretores das escolas. Para já, é assim que vai continuar a ser. 


Escolas vão continuar a funcionar, mas com novas medidas
Bettel adiantou que estão previstas, por exemplo, novas regras nas cantinas escolares.

Como é habitual, o Ministério da Educação deveria publicar o seu relatório sobre as infeções detetadas na semana passada esta quarta-feira. Na última avaliação, houve 719 casos positivos, entre jovens e professores, nas escolas e universidades do país. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas