Escolha as suas informações

Ex-companheiro de Ana Lopes condenado a prisão perpétua
Luxemburgo 12.01.2021

Ex-companheiro de Ana Lopes condenado a prisão perpétua

Ex-companheiro de Ana Lopes condenado a prisão perpétua

Foto: Alain Piron
Luxemburgo 12.01.2021

Ex-companheiro de Ana Lopes condenado a prisão perpétua

Redação
Redação
O principal suspeito do homicídio de Ana Lopes, a 15 de janeiro de 2017, foi hoje condenado a prisão perpétua, segundo informação avançada esta manhã pela imprensa nacional.

(Notícia atualizada às 11:37.)

A justiça luxemburguesa decidiu que o ex-companheiro da vítima, Marco Silva, é culpado do crime. 

Além da prisão perpétua, o ex-namorado de Ana Lopes foi condenado a pagar uma multa de 100.000 euros aos pais da jovem, 25.000 euros à irmã e 100.000 ao filho de Marco B. e de Ana Lopes, com 22 meses na altura do assassínio. Na leitura da sentença, esta terça de manhã na Cité Judiciaire, o português reiterou a inocência.

Ana Lopes, natural de Seia, tinha 25 anos e morava com os pais em Bonnevoie, na capital. O carro foi encontrado do lado da fronteira francesa, em Roussy-le-Village. As autoridades encontraram o veículo completamente devorado pelas chamas e um corpo carbonizado que mais tarde a autópsia confirmou ser o de Ana Lopes.  

Foto: Contacto



Suspeito da morte de Ana Lopes ameaça ex-namorada: "Tu é que merecias o que aconteceu"
Acusado de matar e deitar fogo ao corpo da mãe do filho, Marco Silva promete agora arruinar a vida da namorada que se seguiu a Ana Lopes. O Contacto teve acesso às mensagens intimidatórias.

"Matou três vezes"

Na opinião do procurador, Marco Silva matou a ex-companheira três vezes. A primeira quando lhe tirou efetivamente a vida, a segunda quando deitou fogo ao carro que abandonou na fronteira francesa e a terceira quando tentou denegrir a imagem de Ana Catarina. "Ele simplesmente não quer deixar-lhe nada", concluiu o magistrado, citado numa grande reportagem realizada pelo Contacto publicada a 12 de dezembro de 2020.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas