Escolha as suas informações

Etienne Schneider. Imobiliária cobra apenas metade da renda a ex-ministro?
Luxemburgo 20.11.2020

Etienne Schneider. Imobiliária cobra apenas metade da renda a ex-ministro?

Etienne Schneider. Imobiliária cobra apenas metade da renda a ex-ministro?

Anouk Antony
Luxemburgo 20.11.2020

Etienne Schneider. Imobiliária cobra apenas metade da renda a ex-ministro?

O antigo vice primeiro-ministro de Bettel paga uma renda de 3.000 euros/mês por um apartamento de quase 170 m2, em Cessange, cujos preços de mercado são quase o dobro, garante o Reporter.lu. Etienne contesta que esteja a ser favorecido pela sociedade imobiliária de Flavio Becca que lhe aluga a casa.

O antigo vice primeiro-ministro luxemburguês, Etienne Schneider, paga renda de uma penthouse com quase 170 m2, com quatro quartos, dois terraços com 180m2, e dois lugares de garagem em Cessange, na capital. O preço da renda? Cerca de 3.000 euros por mês, quase metade do preço de mercado para estes apartamentos, segundo afirma o Repórter.lu.

Os peritos imobiliários consultados pelo Reporter.lu declararam que as rendas praticadas para estes apartamentos são entre 25 e 30 euros por metro quadrado por mês. A penthouse tem 166,42 m2, e ao cálculo para esta área, a que tem de se acrescentar ainda o valor extra para terraços, que em regra correspondente a um terço do aluguer. Segundo esses cálculos, os 3.000 euros por mês que paga o ex-ministro são cerca de metade do que se costuma pedir normalmente por uma casa com estas características, vinca esta revista.


Etienne Schneider.
Étienne Schneider não é candidato à direção da Agência Europeia Espacial
A decisão foi anunciada pelo próprio antigo vice-primeiro-ministro em declarações à rádio 100,7. Schneider disse à rádio pública querer focar-se no desenvolvimento da empresa de consultadoria fundada por si.

Etienne Schneider alugou este apartamento  à T-Comalux, sociedade do promotor imobiliário Flavio Becca, que esteve envolvido nas negociações do edifício Darwin com Governo, por ser um dos principais acionistas do fundo de investimento Grossfeld PAP, que construiu o empreendimento. O edifício Darwin estava inicialmente destinado ao Ministério da Defesa, mas veio a ser utilizado para atender às necessidades do Ministério da Saúde.

A explicação de Schneider

Contactado por Reporter.lu, Serge Estgen, o porta-voz do empresário Flavio Becca sobre o arrendamento da casa ao ex vice-primeiro ministro.  "No que diz respeito aos arrendamentos privados do Sr. Etienne Schneider, está fora de questão abandonarmos o nosso (mais rigoroso) RGPD [N.E. regulamento geral sobre proteção de dados] para satisfazer uma investigação jornalística. Assim, não podemos confirmar nem negar (as) informações", escreveu Serge Estgen.


Étienne Schneider entra na construção civil através de grupo belga
Não há duas sem três. O antigo vice-primeiro-ministro e ex-ministro da Economia, Étienne Schneider, integra o conselho de administração de uma terceira empresa do setor privado.

Por sua vez, o ex-ministro da Saúde e da Defesa desmente a dimensão desta sua casa arrendada, desde dezembro de 2017, explicando que “o seu apartamento tem 130 m2 e não cerca de 170m2, o que faria com que a renda mensal de 3.000 euros que paga à T-Comalux se aproximasse dos padrões de mercado”, negando as conclusões da investigação do Reporter.lu. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Apartamentos aumentaram 12% no último ano
Dados do Grupo atHome revelam que a média da renda para um apartamento é de 1.520 euros, enquanto para uma casa se situa nos 2.892 euros, tendo subido 10%. O aumento nos preços para compra de apartamentos e de casas chegou a 12 e 11%, respetivamente.