Escolha as suas informações

Especialista em doenças infecciosas não considera necessária uma terceira dose da vacina
Luxemburgo 04.08.2021
Covid-19

Especialista em doenças infecciosas não considera necessária uma terceira dose da vacina

Covid-19

Especialista em doenças infecciosas não considera necessária uma terceira dose da vacina

Foto: AFP
Luxemburgo 04.08.2021
Covid-19

Especialista em doenças infecciosas não considera necessária uma terceira dose da vacina

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Gérard Schockmel não vê ainda necessidade de vacinar os menores de 12 anos contra a covid-19,

"Atualmente não há razões para administrar uma terceira dose da vacina covid-19 de forma generalizada". A declaração é do especialista em doenças infecciosas, Gérard Schockmel, à RTL. Segundo o médico, uma terceira dose só faz sentido para as pessoas mais vulneráveis. 

Gérard Schockmel frisa que quem recebe duas doses de um dos fármacos contra a covid-19 está protegido contra as formas graves da doença, o que na sua opinião é o mais importante para evitar a saturação dos hospitais. 

Por outro lado, o especialista considera que que faz sentido administrar uma segunda dose às pessoas vacinadas com a Janssen (única vacina de dose única autorizada na União Europeia). 

Schockmel acrescenta ainda que é preciso dar primazia a quem vive em países fora do espaço europeu e que nem uma dose da vacina tiveram a oportunidade de receber, acrescentando que o Luxemburgo tem de assumir a sua responsabilidade nesta questão. 


Luxemburgo. Vacinação oferecida nos consultórios médicos a partir de 2 agosto
Os médicos de clínica geral e pediatras vão passar a vacinar contra a covid-19 os residentes e não residentes, com mais de 12 anos, nos consultórios e clínicas, a partir da próxima semana, no Luxemburgo. Saiba o que é necessário e quais são os consultórios com vacinação.

Quanto à vacinação das crianças e adolescentes, Gérard Schockmel defende que esta é importante para os jovens apenas a partir dos 12 anos, para que também estes possam retomar uma vida mais normal. 

Já para os menores de 12 anos, tendo em conta que o SARS-CoV-2 não afeta de forma tão frequente este grupo etário o especialista não vê necessidade da vacinação.

No geral, Schockmel é contra a ideia de que as crianças devem ser vacinadas para proteger os adultos, uma vez que todos os adultos tiveram e têm ainda a possibilidade de aderir à vacinação. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Ainda não se sabe se uma terceira dose da vacina anticovid-19 vai ser necessária, mas se for o caso, o Luxemburgo está preparado para esse facto. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Paulette Lenert, numa resposta parlamentar ao deputado do ADR, Jeff Engelen.
O comité científico que supervisiona a campanha de vacinação anti-covid-19 no Reino Unido recomendou hoje limitar o uso da vacina da AstraZeneca a pessoas com mais de 40 anos, após terem sido relatados 242 casos de coágulos sanguíneos.