Escolha as suas informações

Escolas devem seguir as mesmas regras sanitárias que vigoravam antes das férias de Natal
Luxemburgo 07.01.2021

Escolas devem seguir as mesmas regras sanitárias que vigoravam antes das férias de Natal

Escolas devem seguir as mesmas regras sanitárias que vigoravam antes das férias de Natal

Foto:Guy Jallay
Luxemburgo 07.01.2021

Escolas devem seguir as mesmas regras sanitárias que vigoravam antes das férias de Natal

Susy MARTINS
Susy MARTINS
As turmas superiores do ensino secundário vão continuar a ter aulas à distância e as máscaras de proteção individual continuam a ser obrigatórias sempre que os alunos não estejam sentados.

Os alunos das escolas fundamentais e dos liceus regressam às aulas presenciais a partir da próxima segunda-feira. As escolas vão funcionar da mesma forma que antes das férias de Natal no que diz respeito às normas sanitárias para evitar a propagação do novo coronavírus. Foi o que revelou o ministro da Educação, Claude Meisch, aos deputados da comissão parlamentar da Educação.

Na prática, isto significa que as turmas superiores do ensino secundário vão continuar a ter aulas à distância e que as máscaras de proteção individual continuam a ser obrigatórias sempre que os alunos não estejam sentados.

O ministro Meisch frisou ainda que a maioria dos medidores de dióxido de carbono (CO2) vão ser instalados nas salas de aulas até ao final do mês de janeiro. A prioridade será dada às turmas que têm um número elevado de alunos. A instalação destes aparelhos deverá ocorrer a partir da próxima semana.

Estes dispositivos vão ajudar a medir a qualidade do ar e avaliar a necessidade de ventilação, como a de abrir, ou não, as janelas nas salas de aula, tema que tem gerado alguma polémica. Ao todo, o Luxemburgo vai ter cerca de 12 mil medidores de CO2 espalhados pelas escolas, creches e outras estruturas de acolhimento extracurricular.

Claude Meisch esclarece, no entanto, que não está previsto instalar purificadores de ar. Arejar as turmas de aula regularmente continua a ser a principal recomendação do Ministério da Educação.

Relativamente à prática de desporto nas escolas, o responsável pela pasta da Educação explicou que os professores irão receber nos próximos dias uma lista de recomendações que terão de seguir.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas