Escolha as suas informações

Escola. Alunos imigrantes vão ter acompanhamento especial por quatro anos
Luxemburgo 2 min. 25.09.2020

Escola. Alunos imigrantes vão ter acompanhamento especial por quatro anos

Escola. Alunos imigrantes vão ter acompanhamento especial por quatro anos

Foto: DR
Luxemburgo 2 min. 25.09.2020

Escola. Alunos imigrantes vão ter acompanhamento especial por quatro anos

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
As crianças em idade escolar que cheguem ao Luxemburgo vão ser apoiadas passo a passo na sua entrada na escola do novo país para uma melhor integração e sucesso. O novo serviço visa combater o abandono escolar.

Em breve vai ser apresentado um projeto de lei pelo Ministério da Educação destinado à criação de um novo serviço de acolhimento e acompanhamento escolar para aos novos alunos estrangeiros que cheguem ao Luxemburgo, filhos de pais imigrantes.

O anúncio foi feito ao Contacto por Pierre Reding, primeiro conselheiro do governo junto do Ministério da Educação, da Infância e Juventude. “Estamos já a trabalhar para que no início do próximo ano letivo este serviço esteja a funcionar”, declarou este responsável.


Aulas de apoio. Alunos do fundamental procuraram sobretudo ajuda no alemão
A maioria dos alunos do ensino fundamental que seguiram as aulas de apoio, fizeram-no principalmente para recuperar matéria no ensino da língua alemã.

"Projeto inovador"

“Este é um projeto inovador. Trata-se de um serviço de acolhimento e apoio que vai ser criado para os alunos e pais recém-chegados ao nosso país que visa facilitar a integração escolar e social destes alunos e evitar o abandono escolar”, vincou ao Contacto Pierre Reding.

No ano letivo passado, cerca de 1400 estudantes abandonaram a escola, após o fim do ensino obrigatório, segundo dados do ministério da Educação. Os filhos de imigrantes estão entre os que mais abandonam o sistema de ensino, principalmente devido a dificuldades linguísticas.

Apoiadas durante quatro anos

O objetivo do novo serviço é que cada criança ou jovem seja acompanhada desde o início na sua entrada no sistema escolar do Grão-Ducado, onde irá passar a viver. Mas o apoio não se fica por aqui.

“Durante quatro anos este serviço vai continuar a acompanhar cada um destes alunos no seu percurso escolar apoiando-o nas suas necessidades de modo a que se sintam integrados no sistema escolar”, acrescenta este Primeiro Conselheiro para a Educação. Uma boa integração é fundamental para que o aluno imigrante que vem de outro país com outro idioma e sistema de ensino consiga bons resultados escolares.


Escola Europeia de Mersch terá capacidade para 1.050 alunos
A escola terá um jardim de infância, uma escola primária, uma secundária e ainda um internato.

“Estes alunos são mais vulneráveis e o nosso objetivo é evitar que abandonem a escola”, vinca Pierre Reding. O seguimento destes alunos durante quatro anos irá também revelar quais as maiores dificuldades e necessidades reais sentidas por estas crianças e jovens de origem estrangeira na escola luxemburguesa.

Com este serviço de apoio pretende-se também apoiar os pais destes alunos filhos de imigrantes e reforçar a sua ligação à escola. O serviço de apoio irá envolver as escolas, alunos e pais para trabalharem juntos pelo bem-estar das crianças no sistema de ensino.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas