Escolha as suas informações

Esch vira à direita
Luxemburgo 08.10.2017 Do nosso arquivo online
Eleições municipais

Esch vira à direita

Eleições municipais

Esch vira à direita

Foto: Claude Piscitelli
Luxemburgo 08.10.2017 Do nosso arquivo online
Eleições municipais

Esch vira à direita

Os cristãos-sociais (CSV) venceram as eleições na autarquia do sul do país, destronando os socialistas. Conquistam seis dos 19 mandatos, com 30,87% dos votos. Os socialistas (LSAP) perdem três mandatos, ficando reduzidos a seis - em igualdade com o CSV, mas com apenas 27,86% dos votos.

"É um resultado memorável. O sul sempre foi um bastião socialista e Esch também", disse ao Contacto Bruno Cavaleiro, eleito pelo CSV para a autarquia da segunda maior cidade do país.

O luso-descendente teve 2.940 votos, ficando em quinto lugar na lista dos seis candidatos eleitos pelo partido cristão-social (CSV), liderada por Georges Mischo, que deverá ser o próximo burgomestre.

Os Verdes (Déi Gréng) ficaram em terceiro lugar, com três mandatos (mais um em relação às últimas eleições) e 13,54% dos votos.

Déi Lénk (9,53%)  e DP (9,11%) conquistam ambos dois mandatos (mais um para o DP que em 2011).

O partido comunista (KPL) perde o único conselheiro que tinha eleito nas últimas eleições.


Notícias relacionadas

Um excelente resultado para o CSV e para vários candidatos portugueses, numa eleição onde os partidos da coligação e em especial o LSAP são os grandes derrotados.
A selecção portuguesa de futebol ‘caiu’ esta quinta-feira três lugares, para o sétimo posto do ‘ranking’ da FIFA, que continua a ser liderado pela Bélgica, à frente de Argentina e Espanha, segunda e terceira, respectivamente.
A equipa das 'quinas' voltou a descer no 'ranking' da FIFA