Escolha as suas informações

Esch e cidade do Luxemburgo concentram o maior número de infeções
Luxemburgo 30.07.2020

Esch e cidade do Luxemburgo concentram o maior número de infeções

Esch e cidade do Luxemburgo concentram o maior número de infeções

Foto : Pierre Matgé
Luxemburgo 30.07.2020

Esch e cidade do Luxemburgo concentram o maior número de infeções

Entre 6 e 26 de julho, a maioria dos novos casos registados no país verificaram-se nessas duas zonas.

A maioria dos novos casos registados entre 6 e 26 de julho concentraram-se nos cantões de Esch e da cidade do Luxemburgo.

Os dados reunidos pelo Statec sobre a propagação geográfica das novas infeções revelam que a maioria foi notificada no cantão de Esch, com um total de 788 casos confirmados, nesse período de 20 dias. Ou seja, 43 pessoas por cada 10.000 residentes foram infetadas.


Covid-19. Maioria dos casos registada no sul do país
Pela primeira vez desde o início da pandemia, o Ministério da Saúde divulgou dados sobre a localização dos casos positivos de covid-19 no Luxemburgo.

A seguir, no mesmo intervalo de tempo, surge a cidade do Luxemburgo, com 312 infecções - o correspondente a 25 casos por 10.000 residentes. 

Os dois cantões são seguidos pela periferia do Luxemburgo, Capellen, Mersch, Diekirch, Remich e Wiltz, todos com 12-15 casos por 10.000 residentes, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística. 

No extremo oposto, com o menor número de infecções está Vianden, com apenas seis casos no total. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas