Escolha as suas informações

Enviados os primeiros convites para vacinação abaixo dos 65 anos
Luxemburgo 01.03.2021

Enviados os primeiros convites para vacinação abaixo dos 65 anos

Enviados os primeiros convites para vacinação abaixo dos 65 anos

Foto: AFP
Luxemburgo 01.03.2021

Enviados os primeiros convites para vacinação abaixo dos 65 anos

Redação
Redação
Ministério da Saúde anunciou esta segunda-feira o início da fase 5, os convites a pessoas com menos de 65 anos começaram a ser enviados. Estes vão receber a vacina da AstraZeneca.

De acordo com o Governo, vai entrar em marcha a fase 5 do plano de vacinação, em que aqueles abaixo dos 65 anos podem agora ser vacinados contra a covid-19 com a vacina AstraZeneca.

O Ministério da Saúde confirmou que os primeiros convites já foram enviados. A fase 5 contempla homens e mulheres de 55 a 64, começando pelos mais velhos. No Luxemburgo, como em outros países, a vacina da AstraZeneca é atualmente recomendada apenas para pessoas com menos de 65. 


Segunda oportunidade para quem falhou primeira fase da vacinação
As pessoas que foram convidadas na primeira fase da campanha de vacinação contra a covid-19 do Luxemburgo e que não aderiram ao convite no tempo estipulado, poderão ainda fazê-lo no final da segunda fase, que já começou.

Ao mesmo tempo que se começa a delinear a fase 5, está em curso a fase 2 do programa de vacinação do Luxemburgo, que pretende vacinar todos com mais de 75 anos e indivíduos considerados "altamente vulneráveis", independentemente da idade. Estas estão a ser vacinadas exclusivamente com as vacinas da Moderna e BioNTech/Pfizer.

Em dois meses de vacinação, foram administradas 37.793 doses. Segundo os acordos em curso com as farmacêuticas, até final de março, o Grão-Ducado está à espera de 17.550 doses da Pfizer e 20.100 da AstraZeneca.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Imunidade de grupo ainda é uma miragem
Sem "influência direta" no mercado e na chegada das vacinas ao Grão-Ducado, o Governo admite que "ainda não é possível apontar uma data" para a imunização de, pelo menos, 70% dos residentes. A Universidade do Luxemburgo diz que é possível fazê-lo em três meses. Basta que 2.700 pessoas sejam vacinadas por dia.
Lokales, Impfzentrum Esch Belval, maison des matériaux, Gebäude Nord Foto: Luxemburger Wort/Anouk Antony