Escolha as suas informações

Entre Metz e Luxemburgo: Quase uma centena de ligações ferroviárias suprimidas
Luxemburgo 04.01.2017 Do nosso arquivo online

Entre Metz e Luxemburgo: Quase uma centena de ligações ferroviárias suprimidas

Entre Metz e Luxemburgo: Quase uma centena de ligações ferroviárias suprimidas

Luxemburgo 04.01.2017 Do nosso arquivo online

Entre Metz e Luxemburgo: Quase uma centena de ligações ferroviárias suprimidas

Um total de 96 ligações ferroviárias foram esta quarta-feira de manhã suprimidas entre Metz (França) e o Luxemburgo, devido ao direito de não trabalhar (‘droit de retrait’) de parte do pessoal da Société Nationale des Chemins de fer Français (SNCF). A greve afetou cerca de 20.000 passageiros que utilizam o comboio para se deslocarem entre as duas cidades.

Um total de 96 ligações ferroviárias foram esta quarta-feira de manhã suprimidas entre Metz (França) e o Luxemburgo, devido ao direito de não trabalhar (‘droit de retrait’) de parte do pessoal da Société Nationale des Chemins de fer Français (SNCF). A greve afetou cerca de 20.000 passageiros que utilizam o comboio para se deslocarem entre as duas cidades.

Parte dos funcionários da empresas pública francesa esteve hoje em greve, ao abrigo do “direito de no trabalhar”.

A greve começou ontem à tarde após um revisor ter sido verbalmente agredido, com ameaças de morte, por um passageiro na estação de Uckange.

Em comunicado, Henry Delescaut, da associação de passageiros do TER Metz-Luxemburgo (AVTERML), condenou “sem reservas, e muito firmemente, a violência de qualquer natureza, para com os funcionários do SNCF”.

“As consequências do exercício do direito de não trabalhar afetou esta manhã cerca de 20.000 passageiros, que sofreram consequências nas suas vidas pessoais e profissionais. Mas não é fazendo os passageiros ‘reféns’ que resolve o problema de insegurança”, defendeu Henry Delescaut.

No comunicado, a associação AVTERML deixou várias reivindicações, exigindo, por exemplo, o reforço do número de funcionários (revisores) nos comboios e pessoal nas receções das estações para “evitar desumanizar os serviços ferroviários” locais.

A normalidade nas ligações ferroviárias entre Metz e o Luxemburgo deverá ser retomada esta quinta-feira.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas