Escolha as suas informações

Encher o depósito continua a ser possível no Luxemburgo
Luxemburgo 25.03.2020

Encher o depósito continua a ser possível no Luxemburgo

Encher o depósito continua a ser possível no Luxemburgo

Luxemburgo 25.03.2020

Encher o depósito continua a ser possível no Luxemburgo

É permitido abastecer veículos nos postos de gasolina durante o período de confinamento, esclarecem as autoridades do Grão-Ducado.

Perante a situação inédita vivida no Luxemburgo e em muitos outros países afetados pela crise provocada pelo novo coronavírus, são muitas as dúvidas que assaltam as pessoas no dia-a-dia. Uma delas é o receio de alguns cidadãos em arriscar uma multa por decidirem abastecer o depósito do carro. Sobretudo, quando os preços dos combustíveis estão particularmente baixos.

De acordo com declarações da polícia do Grão-Ducado ao L’essentiel, neste período de restrições não está contemplada a suspensão da “produção e distribuição de energia a partir de produtos petrolíferos”.


Luxemburgo à beira de uma crise nos combustíveis
Nem a queda dos preços aumentou a procura. O Grão-Ducado pôs o pé no travão e os postos de abastecimento estão vazios.

As autoridades afirmam que estão a realizar operações de fiscalização no país para "verificar o cumprimento e a implementação das medidas decididas pelo governo". Contudo, a multa de 145 euros não se aplica a quem abastece viaturas, uma vez que certas viagens ainda são permitidas. Trajetos para o trabalho, compras de alimentos, cuidados médicos continuam a ser autorizados. 

Para os residentes no estrangeiro, a polícia luxemburguesa "não efetua controlos fronteiriços" mas assinala que podem existir restrições no país de origem dos automobilistas. Não havendo qualquer restrição às idas aos postos de gasolina, polícia recorda que foram restabelecidos controlos fronteiriços e que, em França, a viagem ainda é permitida, "desde que se tenha a última versão do certificado de saída e se declare o motivo da viagem", esclarecer um posto da polícia. Já a polícia belga remete para o site oficial do governo que autoriza esta atividade.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Polícia de Arlon vai aprender língua luxemburguesa
A população luxemburguesa residente na região de Arlon continua a aumentar, milhares de luxemburgueses visitam o mercado de Arlon às quintas-feiras e há ainda idosos belgas das aldeias fronteiriças que falam praticamente só o luxemburguês.
Une vingtaine de policiers de la zone Arlon-Attert-Habay-Martelange se sont portés volontaires pour apprendre le luxembourgeois