Escolha as suas informações

Empresas luxemburguesas perdem em média 19 horas anuais a tratar dos impostos

Empresas luxemburguesas perdem em média 19 horas anuais a tratar dos impostos

Foto de arquivo: LW
Luxemburgo 19.03.2019

Empresas luxemburguesas perdem em média 19 horas anuais a tratar dos impostos

Se o Luxemburgo é um dos países onde as empresas gastam menos tempo com os impostos, Portugal tem uma das piores médias: 63 horas por ano só para tratar dos impostos.

As empresas luxemburguesas perdem em média 19 horas por ano a tratar da burocracia sobre o imposto. De acordo com o recente relatório Tax Foundation, elaborado com base em dados do Banco Mundial, o Grão-Ducado é o quarto país da Europa onde se perde menos tempo neste processo.

O país onde as empresas gastam menos horas a tratar dos impostos é a Estónia, com cinco horas por ano. Este país báltico desenvolveu há décadas um programa de governo eletrónico que permitiu reduzir e simplificar esta burocracia, sendo possível, por exemplo, votar ou marcar uma consulta médica através da internet.

Ainda à frente do Luxemburgo aparecem a Irlanda (12 horas) e o Chipre (15 horas). Portugal aparece no 24° lugar, com uma das piores médias: 63 horas por ano só para tratar dos impostos. Pior, e no fundo da tabela, estão a Grécia (78 horas) e a Eslovénia (86 horas).

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas