Escolha as suas informações

Emigrantes a caminho de Portugal podem contar com filas em França
Luxemburgo 29.07.2016 Do nosso arquivo online
Arranque das férias colectivas

Emigrantes a caminho de Portugal podem contar com filas em França

Os emigrantes portugueses que vão de férias a Portugal de carro vão contar com filas nas estradas francesas
Arranque das férias colectivas

Emigrantes a caminho de Portugal podem contar com filas em França

Os emigrantes portugueses que vão de férias a Portugal de carro vão contar com filas nas estradas francesas
Foto: AFP
Luxemburgo 29.07.2016 Do nosso arquivo online
Arranque das férias colectivas

Emigrantes a caminho de Portugal podem contar com filas em França

As férias colectivas arrancam esta sexta-feira no Luxemburgo. Como acontece todos os anos, milhares de emigrantes escolhem regressar a Portugal de férias ao volante. Este fim-de-semana, os condutores portugueses podem contar com vários quilómetros de filas nas estradas francesas.

As férias colectivas arrancam esta sexta-feira no Luxemburgo. Como acontece todos os anos, milhares de emigrantes escolhem regressar a Portugal de férias ao volante. Este fim-de-semana, os condutores portugueses podem contar com vários quilómetros de filas nas estradas francesas.

Uma circulação "excepcionalmente difícil" está prevista para este fim-de-semana de 30 e 31 de Julho, de acordo com o organismo francês de previsão de tráfego, que desaconselha a condução neste sábado.

O pico do tráfego deverá acontecer precisamente entre a noite de hoje e amanhã, com as primeiras filas a formarem-se a partir das 4h da manhã e até às 20h de sábado.

O melhor mesmo será arrancar no domingo, aconselham as autoridades rodoviárias francesas, devido à migração em massa dos veraneantes, incluindo os emigrantes portugueses com destino a Portugal.

No Luxemburgo, as férias colectivas no sector da construção arrancam esta sexta-feira e prolongam-se até 21 de Agosto. 

O número de trabalhadores da construção que beneficia de férias colectivas deverá rondar os 20 mil, segundo estimativas do sindicato luxemburguês OGB-L.

SECRETÁRIO DE ESTADO APELA A UMA VIAGEM COM "RESPONSABILIDADE E SEGURANÇA"

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, apelou aos emigrantes que, por altura das férias de Verão "regressam [por via rodoviária] às suas terras de origem, para que procurem fazê-lo com segurança".

Carneiro aconselhou os portugueses a verificar se as suas viaturas "foram objecto de inspecção, para que procurem descansar nas viagens que são muito longas e que procurem evitar o consumo de bebidas alcoólicas quando conduzem".

Carneiro estima que nesta altura do ano quase um milhão de portugueses emigrados, a maioria na Europa, regressem a Portugal para passarem férias.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Félix Braz está bem-disposto. No gabinete do Ministério da Justiça que já ocupava nos últimos cinco anos, mostra a sua nova fotografia na página do Governo, tirada nesse mesmo dia. "Aproveitem que hoje fiz a barba e tenho uma gravata bonita", diz. A gravata tem as cores da campanha de imagem do Luxemburgo, "Let’s make it happen". "Fui eu que a comprei", apressa-se a dizer o recém-empossado número dois do Governo. Uma entrevista em que recorda o pai, fala da infância na escola e admite as dificuldades que teve para se definir como português ou luxemburguês.
Secretário de Estado das Comunidades
O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas disse hoje que os emigrantes animam a economia nacional nesta altura do ano e as suas poupanças têm aumentado, o que mostra a confiança que continuam a ter no país.
Há mais emigrantes qualificados a chegar ao Grão-Ducado e já não vêm só das tradicionais regiões de partida, o interior norte e centro do país. Em contrapartida, a precariedade aumentou nos últimos anos e há muitos a viver situações difíceis, alertam os autores do estudo Remigr, que traça um retrato da nova vaga de imigração portuguesa no Luxemburgo.
Illustration - Vote des etrangers - Photo : Pierre Matge
As férias colectivas na construção civil têm início esta sexta-feira, dia 31 de Julho, e terminam a 23 de Agosto. Também o sector das limpezas aproveita esta altura para as férias.
Milhares de portugueses preparam-se para fazer viagem rumo a Portugal