Escolha as suas informações

Em Luanda: Asselborn diz que atentados de Paris podem repetir-se noutros estados-membros
Luxemburgo 19.11.2015 Do nosso arquivo online

Em Luanda: Asselborn diz que atentados de Paris podem repetir-se noutros estados-membros

 Jean Asselborn

Em Luanda: Asselborn diz que atentados de Paris podem repetir-se noutros estados-membros

Jean Asselborn
AFP
Luxemburgo 19.11.2015 Do nosso arquivo online

Em Luanda: Asselborn diz que atentados de Paris podem repetir-se noutros estados-membros

Jean Asselborn alertou hoje os estados membros da UE que os atentados terroristas de 13 de Novembro em Paris podem acontecer noutros estados-membros.

Jean Asselborn alertou hoje os estados membros da UE que os atentados terroristas de 13 de Novembro em Paris podem acontecer noutros estados-membros.

"Nós, na União Europeia, sabemos que estes actos horríveis e bárbaros podem acontecer em qualquer outro dos nossos estados-membros. Por tanto, não se trata de apenas da França, mas de defender os nossos valores, de democracia, tolerância e direitos humanos", apontou, em Luanda, o ministro luxemburguês Jean Asselborn.

O governante discursava na abertura da segunda reunião ministerial Angola - União Europeia sobre o denominado "Caminho Conjunto", depois de o Governo angolano ter voltado a transmitir solidariedade a França, face aos actos terroristas de Paris.

"A França sofreu muito, mas a França não está sozinha. Nós vimos e ouvimos a reacção internacional de solidariedade", reconheceu Jean Asselborn.

"Dentro da União Europeia estamos prontos a oferecer a nossa ajuda, em caso de agressão armada a um estado-membro e também para tomar as medidas apropriadas", disse ainda o chefe da diplomacia do Luxemburgo, país na presidência do Conselho da União Europeia até final do ano.


Notícias relacionadas