Escolha as suas informações

Em direto. Grão-Ducado prestes a adotar novas medidas
Luxemburgo 1 29.11.2021
Covid-19

Em direto. Grão-Ducado prestes a adotar novas medidas

Covid-19

Em direto. Grão-Ducado prestes a adotar novas medidas

Foto: Luxemburger Wort/Anouk Antony
Luxemburgo 1 29.11.2021
Covid-19

Em direto. Grão-Ducado prestes a adotar novas medidas

Susy MARTINS
Susy MARTINS
São esperadas novas medidas no ensino, trabalho e nas visitas aos lares. Acompanhe a conferência de Bettel e Lenert no Contacto a partir das 17h.

Tal como já está a acontecer noutros países europeus, a adoção de novas medidas sanitárias no Luxemburgo está agora mais iminente. O primeiro-ministro, Xavier Bettel, e a ministra da Saúde, Paulette Lenert, fazem esta segunda-feira uma conferência de imprensa, transmitida em direto a partir das 17h, que poderá acompanhar no Contacto (no vídeo abaixo, com tradução simultânea em francês).

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

São esperadas novas medidas mais restritivas para conter o aumento recente de novos casos no país e conter uma possível escalada de infeções devido à nova variante Omicron, considerada esta segunda-feira de risco "muito alto" pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Depois da reunião da passada sexta-feira do Conselho de Ministros, o Executivo volta a encontrar-se esta segunda-feira, antes da conferência de Bettel e Lenert. 


OMS diz que risco global da Omicron é "muito alto"
"Pode haver novas ondas de covid-19 com consequências graves", diz a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Para já sabe-se que no ensino os alunos vão passar a fazer três autotestes por por semana, em vez dos atuais dois. Segundo a RTL, a validade dos testes de despistagem à covid-19 deverá ser reduzida. Os testes PCR poderão passar a ter uma validade de 48 horas (em vez das atuais 72 horas) e o teste de antigénio poderá ser válido apenas por 24 horas (em vez das 48 horas).

Poderá haver também mudanças nos lares de idosos. Para além do CovidCheck, os visitantes deverão passar a ter de usar a máscara de proteção e fazer autototeste à entrada. 

Sobre o teletrabalho, espera-se que volte em força durante as próximas semanas, sendo os trabalhadores da Função Pública vão poder passar a trabalhar quatro dias por semana a partir de casa (em vez dos três atuais).

A atual 'lei covid' está em vigor até 18 de dezembro, mas dada a situação atual  as novas medidas anunciadas por Bettel e Lenert poderão entrar em vigor ainda antes.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

No Luxemburgo, as empresas do setor público e privado podem adotar o regime CovidCheck que entra em vigor a 1 de novembro, tornando obrigatório para os funcionários a apresentação do certificado, anunciou esta tarde Xavier Bettel.