Escolha as suas informações

Em direto. Bettel e Lenert falam ao país às 15h
Luxemburgo 1 22.01.2021

Em direto. Bettel e Lenert falam ao país às 15h

Xavier Bettel e Paulette Lenert

Em direto. Bettel e Lenert falam ao país às 15h

Xavier Bettel e Paulette Lenert
Foto: Anouk Antony/Luxemburger Wort
Luxemburgo 1 22.01.2021

Em direto. Bettel e Lenert falam ao país às 15h

Susy MARTINS
Susy MARTINS
A conferência do primeiro-ministro e a ministra da Saúde luxemburgueses é aguardada com alguma expectativa, sobretudo pelos trabalhadores o setor da Horeca, setor que continua parcialmente encerrado.

O Conselho de Ministros volta a reunir-se esta sexta-feira. O primeiro-ministro, Xavier Bettel, e a ministra da Saúde, Paulette Lenert, farão o habitual ‘briefing’ às 15:00, com transmissão em direto e tradução para francês no site do Governo.

Poderá acompanhar em direto a conferência de imprensa aqui na página do Contacto.

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

A sessão acontece numa altura em que o número de novas infeções tem diminuído e a situação nos hospitais do país parece ter voltado ao normal.

A conferência de Bettel e Lenert é aguardada com alguma expectativa, sobretudo pelos trabalhadores o setor da Horeca, setor que continua parcialmente encerrado. Espera-se que cafés e restaurantes possam voltar a acolher o público no próximo dia 1 de fevereiro, mas essa data ainda não foi confirmada pelo Governo.

Hoje também deverá ficar a saber-se se o recolher obrigatório a partir das 23:00 vai ser mantido, e se o limite de dois convidados em casa vai continuar em vigor.

Enquanto outros países europeus têm endurecido as suas medidas para lutar contra a propagação da covid-19, o Luxemburgo tem levantado pouco a pouco as suas restrições.

Outro tema que também deverá ser abordado nesta conferência de imprensa é a campanha de vacinação. Há cada vez mais vozes a reivindicar um plano de vacinação concreto para o Luxemburgo. Para já, sabe-se apenas que os profissionais de saúde são a prioridade, seguindo-se as pessoas vulneráveis e os idosos.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas