Escolha as suas informações

Em direto. Acompanhe o anúncio das novas medidas do Executivo
Luxemburgo 1 23.11.2020 Do nosso arquivo online

Em direto. Acompanhe o anúncio das novas medidas do Executivo

Em direto. Acompanhe o anúncio das novas medidas do Executivo

Foto: Anouk Antony/Luxemburger Wort
Luxemburgo 1 23.11.2020 Do nosso arquivo online

Em direto. Acompanhe o anúncio das novas medidas do Executivo

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Executivo deverá anunciar fecho de restaurantes, cafés, teatros e cinemas, mas também reduzir o número de convidados em casa, de quatro para dois. Anúncio estava previsto para as 13:00, mas foi adiado para as 14:00. Acompanhe em direto no Contacto.

Tal como já anunciado na sexta-feira, o primeiro-ministro, Xavier Bettel, e a ministra da Saúde, Paulette Lenert, falam esta segunda-feira ao país para anunciar se o projeto de lei com as novas medidas restritivas para combater a pandemia vai a votos esta semana no Parlamento.

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

A conferência de imprensa de Bettel e Lenert está marcada para as 14:00 e será transmitida em direto no site do Governo, com tradução simultânea para francês e língua gestual. Poderá ao mesmo tempo acompanhar no Contacto em direto. A conferência ficará depois disponível no canal de YouTube do Executivo.

Sabe-se que a intenção do Executivo é fechar restaurantes, cafés, teatros e cinemas, mas também reduzir o número de convidados em casa, de quatro para dois. "O país não regista uma subida acentuada de novos casos, mas também não há uma queda", sublinhou Bettel já na sexta-feira abrindo caminho ao que tinha deixado em aberto na semana passada. O líder do Executivo reiterou que o Grão-Ducado "precisa de reduzir o número de infeções para poder aliviar o sistema nacional de saúde".


Luxemburgo. Medida que limita de dois convidados por casa recebe mais críticas
Agora é a Comissão dos Direitos do Homem a contestar a medida que Bettel pode impor para a semana. Quem não cumprir será multado.

Lenert frisou na semana passada que o objetivo para que as novas medidas não sejam impostas, era não ultrapassar a barreira das 500 infeções diárias. Objetivo esse que não foi alcançado.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas