Escolha as suas informações

Eleições autárquicas 2023. Poderão votar o dobro dos residentes estrangeiros
Luxemburgo 11.11.2022
Luxemburgo

Eleições autárquicas 2023. Poderão votar o dobro dos residentes estrangeiros

Um total de 68.173 residentes estrangeiros poderão votar, após o Grão-Ducado ter alterado a lei eleitoral do país em julho.
Luxemburgo

Eleições autárquicas 2023. Poderão votar o dobro dos residentes estrangeiros

Um total de 68.173 residentes estrangeiros poderão votar, após o Grão-Ducado ter alterado a lei eleitoral do país em julho.
Foto: Guy Wolff
Luxemburgo 11.11.2022
Luxemburgo

Eleições autárquicas 2023. Poderão votar o dobro dos residentes estrangeiros

Andréa OLDEREIDE
Andréa OLDEREIDE
Quase mais 70 mil estrangeiros serão chamados às urnas. As próximas eleições autárquicas estão marcadas para 11 de junho.

O número de residentes estrangeiros no Luxemburgo autorizados a votar nas eleições municipais de 2023 é quase duas vezes superior ao das eleições anteriores, depois de o país ter abolido uma lei que só permitia a participação nas urnas a pessoas que tivessem vivido no país durante pelo menos cinco anos.

Um total de 68.173 residentes estrangeiros poderão votar, após o Grão-Ducado ter alterado a lei eleitoral do país em julho. Do total, 32.105 são mulheres, disse a Ministra da Família, Corinne Cahen, em resposta a uma pergunta parlamentar na quinta-feira.

Os não-luxemburgueses representam cerca de metade da população do Luxemburgo e cerca de 70% dos residentes na capital, com os últimos números a demonstrarem que o forte crescimento demográfico e do emprego no Luxemburgo é impulsionado por estrangeiros, incluindo pela migração não comunitária. 


A próximas eleições comunais decorrem no dia 11 de junho de 2023.
Autarcas apelam a estrangeiros para se inscreverem nas listas eleitorais
A inscrição nos cadernos eleitorais está mais facilitada com a abolição da cláusula de residência de cinco anos no país. A eleições decorrem no dia 11 de junho de 2023.

Nas últimas eleições locais, em 2017, houve 34.638 eleitores estrangeiros, menos de um quarto dos residentes estrangeiros, que se inscreveram para votar, revelou um estudo do Centro de Estudos Interculturais e Sociais. Um terço dos residentes estrangeiros, cerca de 75.226 pessoas, não foram autorizados a inscrever-se nas listas eleitorais municipais porque não preenchiam os critérios na altura. 

A lei eleitoral alterada do Grão-Ducado permite agora que os estrangeiros votem e se candidatem às eleições locais, independentemente de serem ou não cidadãos da UE. 

As próximas eleições autárquicas estão marcadas para 11 de junho. 

Os residentes estrangeiros não podem participar nas eleições nacionais, que terão lugar mais tarde, também em 2023. 

Artigo originalmente publicado no Luxembourg Times

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Se a questão sobre o voto dos estrangeiros nas eleições legislativas passar no referendo de 7 de Junho, nas próximas eleições de 2018, para a escolha de um novo Governo, há mais 105 mil potenciais eleitores estrangeiros que poderão votar. Deste total, mais de 44 mil são portugueses, qualquer coisa como 42% dos potenciais eleitores.
Sete em cada dez portugueses no Luxemburgo querem poder votar nas eleições legislativas. Oito em cada dez residentes estrangeiros respondem o mesmo. No entanto, cerca de 15% dos estrangeiros dizem não saber que já podem votar nas eleições comunais e 68% dizem mesmo nunca tê-lo feito.
Sete em cada dez portugueses no Luxemburgo querem poder votar nas eleições legislativas, revela uma sondagem encomendada pelo grupo Saint-Paul, que edita o CONTACTO e o Luxemburger Wort