Escolha as suas informações

Eleições. Apenas três eleitores portugueses optaram por voto presencial no Luxemburgo
Luxemburgo 11.09.2019

Eleições. Apenas três eleitores portugueses optaram por voto presencial no Luxemburgo

Eleições. Apenas três eleitores portugueses optaram por voto presencial no Luxemburgo

Foto: Manuel Dias
Luxemburgo 11.09.2019

Eleições. Apenas três eleitores portugueses optaram por voto presencial no Luxemburgo

O voto por correspondência mantém-se, como acontecia até agora, mas com o porte a ser pago pelo Estado.

Apenas três dos cerca de 55 mil eleitores portugueses no Luxemburgo optaram pelo voto presencial no consulado, para as próximas eleições legislativas em Portugal, marcadas para 6 de outubro próximo.

Desde que as novas alterações à lei eleitoral e ao recenseamento foram aprovadas em julho do ano passado, os eleitores passaram a poder também optar pelo voto presencial, além do voto por correspondência.

De acordo com dados da Administração Eleitoral portuguesa, a que a agência Lusa teve acesso, no global, dos cerca de um milhão e meio (1.466.750) de eleitores registados, apenas 2.242 exerceram a opção pelo voto presencial nos consulados portugueses, ou seja, 0,15%.

A opção pelo voto presencial foi exercida em apenas 40 dos 186 países onde existem eleitores portugueses registados.

Quanto aos países vizinhos, a França regista apenas 24 portugueses que optaram por votar nos consulados, enquanto na Bélgica o número chega aos 46 e na Alemanha apenas sete.

Os restantes eleitores irão exercer o direito de voto por correspondência, como acontecia até agora, mas com o porte a ser pago pelo Estado.

HB com Lusa


Notícias relacionadas

“Já não há razão para que as pessoas não participem nas eleições portuguesas"
Votar nas eleições portuguesas vai passar a ser mais simples, também para os portugueses no Luxemburgo. Com as novas mudanças, o recenseamento dos portugueses no estrangeiro vai ser automático, mas não obrigatório. O voto por correspondência vai passar a ser gratuito, mas há mais novidades. As mudanças vão aumentar o número de potenciais votantes, sem que os cidadãos tenham de se deslocar ao consulado.
Visite du secrétaire d’État portugais José Luís Carneiro au Luxembourg, le 30 Septembre 2018. Photo: Chris Karaba