Escolha as suas informações

Educação: Luxemburgo lidera lista de gastos com educação na UE
Luxemburgo 02.09.2017

Educação: Luxemburgo lidera lista de gastos com educação na UE

Educação: Luxemburgo lidera lista de gastos com educação na UE

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 02.09.2017

Educação: Luxemburgo lidera lista de gastos com educação na UE

Em 2015, o Luxemburgo gastou uma média de 4.635 euros por habitante em educação, de acordo com os últimos números da agência de estatísticas da UE (Eurostat).

Em 2015, o Luxemburgo gastou uma média de 4.635 euros por habitante em educação, de acordo com os últimos números da agência de estatísticas da União Europeia Eurostat. 

A despesa média por habitante na UE ascendeu a 1.405 euros nesse ano, com um total de 716 mil milhões de euros gastos em educação nos 28 Estados membros. 

Apenas três países, Luxemburgo, Dinamarca (3.368 euros) e Suécia (2.977 euros) gastaram mais de 2.500 euros por cabeça. 

No outro extremo do espetro estão a Roménia (248 euros), a Bulgária (250 euros) e a Croácia (494 euros), os três únicos países a gastar menos de 500 euros por cabeça na educação. 

Em termos de proporção do PIB gasto em educação, a Dinamarca supera a lista com 7%, seguindo a Suécia com 6,5% e a Bélgica com 6,4%. O Luxemburgo tem 5,2%, 0,3% acima da média europeia de 4,9%. 

Roménia (3,1%) e Irlanda (3,7) surgem no fim da lista. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Trabalhadores no Luxemburgo são os que mais recebem por hora
Os trabalhadores no Grão-Ducado são os que mais recebem por hora. O Eurostat analisou as compensações recebidas pelos trabalhadores nos 28 Estados-membros e o Luxemburgo surge, então, em primeiro lugar, com uma compensação de 44 euros por hora.