Escolha as suas informações

DP e CSV exigem mais polícias na zona da Gare e Bonnevoie
Luxemburgo 14.07.2020

DP e CSV exigem mais polícias na zona da Gare e Bonnevoie

DP e CSV exigem mais polícias na zona da Gare e Bonnevoie

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 14.07.2020

DP e CSV exigem mais polícias na zona da Gare e Bonnevoie

Ana B. Carvalho
Ana B. Carvalho
Sentimento de insegurança cresce nas zonas da Gare e Bonnevoie graças à venda de droga e outras atividades clandestinas.

Nas zonas de Gare e Bonnevoie, na cidade do Luxemburgo, existe uma sensação de insegurança partilhada por alguns habitantes graças a atividades ilegais, como o consumo e venda de drogas e "outras atividades". Os partidos com maior presença no concelho da cidade exigem, portanto, um reforço do policiamento nestes locais.

Segundo escreve a RTL, a vereadora Heloise Bock, do DP, e Claudine Konsbrück, do CSV, apresentam esta segunda-feira uma moção por mais policiamento nesta zona.

Heloise Bock recordou a "luta" que dura há anos para que se consigam mais agentes da polícia na estação de Gare e em Bonnevoie. O governo aumentou recentemente a taxa efetiva para 30 profissionais, mas para Bock este número é insuficiente. Na opinião da vereadora a polícia é chamada repetidamente para executar outro tipo de tarefas. 

A moção de CSV e DP é presumivelmente aceite sem os votos da oposição.   


Tráfico na Gare. “Autoridades não conseguem resolver problema sozinhas”
“A crise sanitária teve um impacto sobre a segurança e a criminalidade ligada ao tráfico de droga no bairro da gare na cidade do Luxemburgo”. Esta foi uma das conclusões à qual chegaram os deputados membros das comissões da justiça e da segurança interna que estiveram reunidos esta quarta-feira com os ministros Sam Tanson e François Bausch.

"Esta discussão deve terminar, porque as pessoas realmente têm a impressão de que estão a brincar com elas", disse. 

A conselheira do CSV, Claudine Konsbrüc considera que seria necessária uma cooperação "forte" e "intensiva" com o Ministério das Relações Exteriores e  lembrou que as leis já existem e devem ser simplesmente aplicadas. "Se essas pessoas não têm documentos para o Luxemburgo, devem ser rejeitadas", disse à RTL. 

Os Verdes estão contra uma maior repressão e maior videovigilância pedida pelo DP e CSV.  "As pessoas que perderam a sua dignidade não a receberão de volta se forem punidas", disse o vereador Christa Brömmel. 

Por outro lado, o conselheiro do LSAP, Gabriel Boisante, pediu mais medidas de apoio social e melhores infraestruturas. Segundo a RTL, Boisante considera que a única solução contra o crime seria um maior investimento em habitação e comércio. 

Todas os partidos saudaram as obras de reabilitação da rua de Estrasburgo. Foi ainda aprovada por todas as partes uma ação organizada pela organização não-governamental "Inter Actions" chamada "Do seu lado, ao seu lado". A iniciativa tem como objetivo reunir jovens que pretendem estabelecer contactos com toxicodependentes.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.