Escolha as suas informações

Donativos para apoiar famílias de vítimas de explosão já ultrapassam 57 mil euros

Donativos para apoiar famílias de vítimas de explosão já ultrapassam 57 mil euros

Guy Jallay
Luxemburgo 20.02.2019

Donativos para apoiar famílias de vítimas de explosão já ultrapassam 57 mil euros

O objetivo da coleta solidária é chegar aos 100 mil.

A onda de solidariedade com as famílias das vítimas da explosão de uma bomba da Segunda Guerra Mundial num paiol do Exército luxemburguês continua. A coleta de donativos conta já com mais de 57 mil euros em apenas cinco dias. É mais de metade do objetivo fixado. A meta é chegar aos cem mil euros.

A coleta foi lançada no Facebook por um colega dos dois suboficiais falecidos, um dia após a explosão, a 15 de fevereiro. A recolha de donativos está a ser gerida pelo Sindicato Profissional do Exército Luxemburguês (SPAL). Mais de 1.400 pessoas fizeram donativos através daquela rede social, incluindo o primeiro-ministro Xavier Bettel.

O sindicato profissional do Exército luxemburguês foi criado há 66 anos para defender os interesses dos suboficiais, soldados voluntários e pensionistas do Exército, bem como das suas famílias.

Dois militares morreram e outros dois ficaram feridos quando uma bomba da Segunda Guerra Mundial explodiu no paiol militar em Waldhof. As vítimas preparavam o transporte para a Bélgica de um engenho explosivo, provavelmente de origem norte-americana, com 48 quilos, para ser neutralizado no país vizinho.


Notícias relacionadas