Escolha as suas informações

Dois militares luxemburgueses tiveram 'um estado gripal' em Wuhan
Luxemburgo 21.05.2020

Dois militares luxemburgueses tiveram 'um estado gripal' em Wuhan

Dois militares luxemburgueses tiveram 'um estado gripal' em Wuhan

Foto: Anouk Antony
Luxemburgo 21.05.2020

Dois militares luxemburgueses tiveram 'um estado gripal' em Wuhan

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O Exército não pode confirmar que os atletas foram expostos à covid-19 na altura dos jogos mundiais militares

Dois dos 16 membros da delegação luxemburguesa que participaram nos Jogos Mundiais Militares, entre 18 e 27 de outubro passado, em Wuhan, apresentaram "um estado gripal" durante a estadia na cidade chinesa, epicentro do novo coronavírus.

A confirmação foi feita pelos ministros do Desporto e da Defesa, Dan Kersch e François Bausch, em resposta a uma questão parlamentar da deputada dos Verdes Stéphanie Empain."

No início da sua estadia, um estado gripal sem febre foi identificado em dois membros da secção de desporto de elite, provavelmente devido ao ar condicionado do voo para Wuhan. O Exército não pode confirmar que os atletas foram expostos à covid-19 na altura dos jogos mundiais militares", responderam os dois ministros numa resposta conjunta.


Luxemburgo participa pela primeira vez nos jogos mundiais militares, na China
Há 16 militares a competir em 10 modalidades.

Questionados sobre se foram realizados testes de despistagem de covid-19 aos membros da delegação luxemburguesa que estiveram no evento, os ministros lembraram que na altura da competição o "novo vírus não tinha sido oficialmente identificado" e nem havia testes, e que posteriormente "nenhum membro da delegação acusou positivo à covid-19".

Recorde-se que os ministros Dan Kersch e François Bausch, o então Chefe de Estado-Maior do Exército do Luxemburgo, Alain Duschène, e vários responsáveis militares estiveram precisamente nessa ocasião em Wuhan para apoiar a primeira presença do Grão-Ducado nestes jogos mundiais.

O Luxemburgo junta-se assim a outros países europeus, como a França, Alemanha, Bélgica, Espanha ou Itália, onde a imprensa local também reportou recentemente casos de atletas militares que apresentaram sintomas compatíveis com o covid-19 durante os jogos militares em Wuhan.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas