Escolha as suas informações

Dia Mundial do Cancro. 40% dos casos podiam ser evitados
Luxemburgo 03.02.2020 Do nosso arquivo online

Dia Mundial do Cancro. 40% dos casos podiam ser evitados

Dia Mundial do Cancro. 40% dos casos podiam ser evitados

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 03.02.2020 Do nosso arquivo online

Dia Mundial do Cancro. 40% dos casos podiam ser evitados

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Na véspera do Dia Mundial de luta contra o Cancro, que se assinala esta terça-feira, o Ministério da Saúde coloca o acento tónico na prevenção.

O cancro mata cerca de 1.100 pessoas por ano no Luxemburgo. A doença tem sido mais fatal para os homens do que para as mulheres. Do total de mortes, 600 correspondem a homens e 500 a mulheres.

O cancro é a primeira causa de morte nos homens, no Grão-Ducado. Um em cada três homens (32%) morre desta doença. O cancro mais comum entre eles é o do pulmão. Anualmente morrem 151 homens, no país, devido a este cancro.

Nas mulheres, o cancro é a segunda causa de morte. Uma em cada quatro mulheres (26%) no Luxemburgo morre por causa da patologia. O cancro da mama está na origem do maior número de mortes no sexo feminino. Este cancro mata em média 82 mulheres por ano.

Na véspera do Dia Mundial de luta contra o Cancro, que se assinala esta terça-feira, o Ministério da Saúde coloca o acento tónico na prevenção. É que 40% dos cancros podiam ser evitados através de um modo de vida mais saudável.

Largar o cigarro, ter um consumo de álcool moderado e uma alimentação saudável são algumas das medidas de prevenção.

São diagnosticados cerca de três mil novos casos de cancro por ano. O Ministério da Saúde defende que os progressos da ciência, nestes últimos anos, permitiram melhorar a esperança de vida dos doentes oncológicos, mas o cancro continua a ser um desafio de saúde pública ao qual o Luxemburgo e outros países estão confrontados.

O segundo programa governamental de luta contra o cancro entrou em vigor a 1 de janeiro de 2020, e visa perseguir as ações levadas a cabo nos últimos anos. O apoio aos doentes oncológicos e a digitalização dos dados dos pacientes são algumas das prioridades deste plano de ação.  


Notícias relacionadas

O cancro nas mulheres está a aumentar, segundo dados divulgados pela Direção da Saúde. Já as doenças cardiovasculares, apesar da ligeira descida, continuam a ser a principal causa de morte no Grão-Ducado.
Breast cancer awareness. Woman in pink bra holding a pink ribbon, a reminder of the importance of breast examination in healthcare and medicine, to maintain and sustain a cancer-free, healthy lifestyle.
Este sábado, 4 fevereiro, assinala-se o Dia Mundial contra o Cancro. A doença causou a morte de mais de mil pessoas no Luxemburgo em 2014 e assume-se atualmente como a primeira causa de morte no país.
Le cancer est la première cause de mortalité au Luxembourg et tue chaque année 8,2 millions de personnes.