Escolha as suas informações

Despedimentos coletivos à vista na empresa de segurança G4S
Luxemburgo 07.05.2021

Despedimentos coletivos à vista na empresa de segurança G4S

Despedimentos coletivos à vista na empresa de segurança G4S

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 07.05.2021

Despedimentos coletivos à vista na empresa de segurança G4S

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Plano social à vista na empresa de segurança G4S.

Uma delegação da direção da empresa convocou a delegação do pessoal para informar que iria iniciar um processo de despedimentos coletivos. A G4S emprega atualmente cerca de 1.200 pessoas e foi vendida no mês de março à norte-americana Allied Universal.

Os sindicatos OGBL e LCGB desconhecem para já quantos postos de trabalho estão em perigo, mas opõem-se fortemente aos despedimentos e reivindicam que sejam encontradas outras soluções internas, nomeadamente através de um plano de manutenção no emprego.

A confirmar-se, trata-se do segundo plano social na história desta empresa, que, na altura do primeiro argumentou que teve de recorrer a despedimentos por ter perdido um contrato com a Comissão Europeia.

Os sindicatos já pediram uma reunião de urgência com a direção da empresa da G4S.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Após seis reuniões de negociações, o número de despedimentos coletivos foi assim reduzido para oito, menos dois do que inicialmente previsto pela direção da agência de viagens.