Escolha as suas informações

Desemprego aumenta 7,4% no Luxemburgo num ano
Luxemburgo 20.03.2020 Do nosso arquivo online

Desemprego aumenta 7,4% no Luxemburgo num ano

Desemprego aumenta 7,4% no Luxemburgo num ano

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 20.03.2020 Do nosso arquivo online

Desemprego aumenta 7,4% no Luxemburgo num ano

Redação
Redação
O desemprego continua a subir no Grão-Ducado. De acordo com os dados da Agência para o Desenvolvimento do Emprego (Adem), o número de residentes inscritos nos centros de emprego em fevereiro de 2020 era um total de 16.562. Um aumento de 1.144 pessoas num ano, o que significa uma subida de 7,4%.

Em fevereiro, a ADEM registou 2.193 novos candidatos a emprego residentes, 12,9% a menos que em fevereiro do ano passado. O número de novas candidaturas para não residentes foi de 546, o que representa uma descida de 11,1 %. Além disso, as empresas declararam 3.605 novas vagas na ADEM, 11,4% a mais do que em fevereiro de 2019.

Um exame mais detalhado mostra que as mulheres se encontram mais frequentemente desempregadas que os homens. São 8.415 em comparação com as 8.237 em 2019, um aumento de 9,4% em relação ao ano passado.

Entre as várias faixas etárias, são as pessoas com idades entre os 30 e os 44 anos que aumentam mais rapidamente (+ 10,6% num ano).  Os que têm 45 anos ou mais são 6.976. 

O desemprego de longa duração continua a ser um problema no país. 5.133 candidatos a emprego ficaram inativos durante 12 meses (+ 6,4% que em 2019) e 7.183 (+ 5,8% que em 2019) por mais de um ano. 

O número de desempregados por 4 a 6 meses atinge os 21,1%, e o de desempregados por 7 a 11 meses, 18%.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas