Escolha as suas informações

Abandono escolar precoce abrange 290 portugueses
Luxemburgo 16.02.2017 Do nosso arquivo online
Dados do Ministério da Educação

Abandono escolar precoce abrange 290 portugueses

Dados do Ministério da Educação

Abandono escolar precoce abrange 290 portugueses

Foto: Anouk Antony
Luxemburgo 16.02.2017 Do nosso arquivo online
Dados do Ministério da Educação

Abandono escolar precoce abrange 290 portugueses

No ano letivo 2014/2015, 1 632 alunos abandonaram prematuramente a escola. Este largo contingente incluiu 290 alunos de nacionalidade portuguesa, que romperam com a escola, antes de obterem um diploma ou certificado profissional.

No ano letivo 2014/2015, 1 632 alunos abandonaram prematuramente a escola. Este largo contingente incluiu 290 alunos de nacionalidade portuguesa, que romperam com a escola, antes de obterem um diploma ou certificado profissional.

Nesse ano letivo, a taxa de abandono escolar foi de 13,5%, ligeiramente superior ao anterior (13%).

Os portugueses surgem na segunda posição, após os luxemburgueses, no estudo divulgado esta quinta-feira pelo Ministério da Educação.

Os alunos luxemburgueses são os ‘campeões’ do abandono escolar, com 53,8%, seguidos dos portugueses, com 28,8%.

A taxa de abandono escolar precoce dos alunos portugueses cresceu de 26,4%, em 2012/2013, para quase 29%, em 2014/2015. 1007 dos 1.632 alunos que abandonaram o ensino luxemburguês nesse ano letivo deixaram a escola definitivamente, ao passo que 400 se inscreveram noutro estabelecimento de ensino, a maior parte na vizinha Bélgica.

Os serviços do ministério ‘perderam o rasto’ dos restantes 225 jovens, que abandonaram a escola em 2014/2015.

O insucesso escolar e a impossibilidade de acesso à formação desejada foram as causas mais frequentes de abandono escolar.


Notícias relacionadas

Os cursos de Português integrados no horário escolar vão continuar  em pelo menos três das cinco escolas de Differdange, estando a ser negociada nas restantes a possibilidade de organizar cursos no ensino paralelo, fora do horário normal, disse ao CONTACTO o responsável da Coordenação de Ensino, Joaquim Prazeres.
Claude Meisch em exclusivo ao CONTACTO
O ministro da Educação do Luxemburgo garantiu esta manhã, em entrevista exclusiva ao CONTACTO, que afinal os cursos integrados de português vão continuar nas escolas da cidade. Claude Meisch garante ao CONTACTO que "este ano, os cursos vão abrir na maior parte das escolas de Differdange".
O ministro da Educação, Claude Meisch, esta manhã, durante a apresentação do novo ano lectivo 2014/1015