Escolha as suas informações

CSV quer medidas mais restritivas nas escolas o quanto antes
Luxemburgo 02.03.2021

CSV quer medidas mais restritivas nas escolas o quanto antes

CSV quer medidas mais restritivas nas escolas o quanto antes

Foto: AFP
Luxemburgo 02.03.2021

CSV quer medidas mais restritivas nas escolas o quanto antes

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O principal partido da oposição considera que o plano do Ministério da Educação para o caso de cadeias de infeção nos estabelecimentos escolares deve ser imediatamente ativado para evitar um descontrolo da situação nestes estabelecimentos.

O Partido Cristão Social (CSV) quer que o Governo apresente uma estratégia de saída da pandemia, assim como perspetivas para o futuro. A crítica incide sobretudo na forma como o Executivo está a gerir a crise sanitária nas escolas. Em comunicado, o CSV frisa que o número de infeções pela covid-19 está novamente a aumentar, o que demonstra que as medidas do Executivo atualmente em vigor não são suficientes para fazer face à situação.

O deputado Claude Wiseler, autor do documento, considera que os estudos recentes comprovam que a variante inglesa está a espalhar-se mais rapidamente junto dos mais novos, pelo que considera um erro esperar para implementar medidas mais restritivas nas escolas. O relatório semanal mais recente do Ministério da Saúde revelou que o fecho das escolas nas férias de Carnaval diminuiu em 24% as infeções em crianças até aos 14 anos. Os alunos voltaram entretanto às aulas no dia 22 de fevereiro.

Wiseler salienta que o plano de ação apresentado pelo ministro da Educação em caso de cadeias de infeção nos estabelecimentos escolares deve ser imediatamente ativado para evitar um descontrolo da situação. O ministro Claude Meisch explicou recentemente que os planos de ação podem variar consoante a escola e a região e serão decididos caso a caso mediante a evoluão da pandemia.

Mas o maior partido da oposiçõ acrescenta que tanto alunos como pais e professores precisam de segurança e garantias quanto ao futuro e que as medidas tomadas de um dia para o outro só desestabilizam o setor. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas