Escolha as suas informações

Crise sanitária marcou ações da polícia grã-ducal em 2021
Luxemburgo 05.08.2022
Relatório

Crise sanitária marcou ações da polícia grã-ducal em 2021

Manifestação anti-vacinas.
Relatório

Crise sanitária marcou ações da polícia grã-ducal em 2021

Manifestação anti-vacinas.
Foto: Claude Piscitelli
Luxemburgo 05.08.2022
Relatório

Crise sanitária marcou ações da polícia grã-ducal em 2021

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Além dos controlos, a polícia teve de acompanhar múltiplas manifestações, organizadas aos fins-de-semana, sobretudo protestos contra as medidas sanitárias decretadas pelo Governo.

A pandemia da covid-19 foi também, em 2021, uma das maiores preocupações da polícia grã-ducal. No seu relatório, apresentado esta quinta-feira, refere-se que os agentes fizeram cerca de 9.500 controlos específicos ligados à crise sanitária, tendo emitido 3.900 multas.


Fraudes CovidCheck nos mercados de Natal na mira das autoridades
O uso de certificados CovidCheck falsos pode levar a multas de entre 251 euros e 3.000 euros e/ou oito dias a três meses de prisão.

Além dos controlos, a polícia teve de acompanhar múltiplas manifestações que eram organizadas aos fins de semana, sobretudo protestos contra as medidas sanitárias decretadas pelo Governo.

Habituados a manifestações pacíficas, a situação mudou no final do ano, com um aumento considerável do número de participantes e também da violência. Uma situação que levou as autoridades a porem em prática dispositivos excecionais, reunindo centenas de agentes da polícia.

No relatório pode ainda ler-se que, além da pandemia, a segurança no bairro da Gare, na Cidade do Luxemburgo, também marcou as atividades dos agentes no ano passado. Na altura, o Ministério da Segurança Interna elaborou um conceito preventivo e repressivo para aumentar o sentimento de segurança no bairro.


Manifestação anti-vacinas a 11 de dezembro
Manifestante tinha grande quantidade de explosivos em casa
A polícia luxemburguesa descobriu "uma grande quantidade de explosivos e outras armas e munições" na casa de um dos manifestantes.

Outro feito marcante foi uma manifestação que ocorreu a 22 de outubro, em frente às instituições europeias, em Kirchberg, contra o encerramento de uma mina na Polónia. Foi necessário um reforço de agentes e a polícia do Luxemburgo recorreu aos colegas belgas, a fim de evitar uma escalada da violência.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas