Escolha as suas informações

Cozinha caseira portuguesa na capital

Cozinha caseira portuguesa na capital

Lurdes Cordeiro serve diariamente com enorme satisfação os seus clientes

Cozinha caseira portuguesa na capital

Lurdes Cordeiro serve diariamente com enorme satisfação os seus clientes
Foto: Patrícia Marques
Conteúdo Patrocinado

Cozinha caseira portuguesa na capital

Stagiaire
Stagiaire
Lurdes Cordeiro chegou há 30 anos ao Luxemburgo. Após muitos anos nas limpezas, o “bichinho” da restauração falou mais alto e resolve abrir há 10 anos o seu primeiro restaurante, Chez Lurdes em Dommeldange, cujos petiscos e iguarias portuguesas são hoje sobejamente conhecidos. Agarrando a oportunidade de um espaço disponível no bairro da Gare, abre o seu segundo restaurante, com um serviço de cozinha permanente, a Churrasqueira Chez Lurdes, em pleno centro da capital, onde a gastronomia portuguesa é “rainha”.

Lurdes Cordeiro chegou há 30 anos ao Luxemburgo. Após muitos anos nas limpezas, o “bichinho” da restauração falou mais alto e resolve abrir há 10 anos o seu primeiro restaurante, Chez Lurdes em Dommeldange, cujos petiscos e iguarias portuguesas são hoje sobejamente conhecidos.


Agarrando a oportunidade de um espaço disponível no bairro da Gare, abre o seu segundo restaurante, com um serviço de cozinha permanente, a Churrasqueira Chez Lurdes, em pleno centro da capital, onde a gastronomia portuguesa é “rainha”.

Para a empresária, o mais importante é a saúde. “Não é fácil gerir espaços de restauração, sobretudo no que toca aos recursos humanos. As pessoas hoje em dia colocam muitos entraves, não querem trabalhar. Arranjar pessoas para trabalhar na cozinha é muito complicado, mas eu sou feliz enquanto eu e a minha família tivermos saúde e enquanto satisfizer os meus clientes…eles fazem-me crescer e evoluir”. E prossegue, “Tenho dias que trabalho 18 horas seguidas, de pé sem parar, começo às 7h e termino à 1h… mas tem de ser”, conclui.   

Com uma oferta muito variada de pratos tipicamente portugueses, o novo espaço é, sem dúvida, um excelente local para uma rápida escapada para almoçar ou jantar na zona da Gare.

Nos pratos de carne, a feijoada, a vitela e o frango no forno, bitoques, espetada de carnes, cabrito, chanfana, leitão, entre outros. Já nos pratos de peixe, as especialidades recaem na dourada, polvo, robalo e os diferentes tipos de pratos de bacalhau, entre outros.

Com o serviço take away, os clientes podem encomendar frango de churrasco, entrecosto, bacalhau à lagareiro, espetada de lulas, espetada terra e mar, bitoques, picanha, entre outros deliciosos pratos, a qualquer hora do dia.

 “Temos um serviço rápido para quem está a trabalhar e não tem muito tempo. O menu do dia é composto por uma sopa, o prato do dia (peixe ou carne), sobremesa, café e bebida pelo valor de 16 euros, quer ao almoço quer ao jantar”, explica Lurdes Cordeiro, acrescentando que têm um menu para levar para fora que inclui o prato do dia e sopa, pelo valor de 13 euros.

Os restaurantes estão abertos de segunda-feira a domingo, a partir das 6h em Dommeldange e a partir das 9h na Gare.  

 

Churrasqueira Chez Lurdes

45, rue de Strasbourg, 2561 Luxemburgo

T. (+352) 24 87 36 29

GSM: (+352) 661 253 647

Facebook : Churrasqueira Lurdes

 

Chez Lurdes

5, Route d'Echternach, 1453 Luxemburgo

T. (+352) 26 51 13 29

GSM: (+352) 661 253 647

Facebook: Cafe Chez Lurdes