Escolha as suas informações

CovidCheck passa a detetar certificados falsos
Luxemburgo 28.11.2021
Covid-19

CovidCheck passa a detetar certificados falsos

Covid-19

CovidCheck passa a detetar certificados falsos

Foto: Gerry Huberty
Luxemburgo 28.11.2021
Covid-19

CovidCheck passa a detetar certificados falsos

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
Ministério da Saúde anunciou atualização da aplicação para evitar fraudes.

Os Ministérios da Saúde e Digitalização anunciaram no domingo uma atualização ao CovidCheck. "A partir de agora, a aplicação exibirá o status 'inválido' ao digitalizar casos identificados como 'fantasiosos' e amplamente discutidos nos últimos dias", lê-se em comunicado. A mudança surge na sequência do alerta de Martine Hansen, deputada do CSV, sobre as falhas da aplicação do Luxemburgo. O CovidCheck daria "luz verde" a certificados falsos de pessoas mortas ou personagens fictícias, como Adolf Hitler, Rato Mickey e SpongeBob. Pelos vistos, agora torna-se impossível seguir esse caminho. 

O comunicado lembra ainda que é possível fazer a atualização automática ou ir diretamente à Google Play ou à Apple Store

As autoridades também recomendam "sincronizar a aplicação com o sistema nacional, selecionando 'Configurações' e clicando em 'Sincronizar com o sistema nacional'".

No comunicado pode ainda ler-se que o certificado referente à vacina de reforço - também denominado de 'booster' - é válido no Grão-Ducado assim que o fármaco for administrado. Todos os certificados válidos estão disponíveis na página pessoal do MyGuichet.lu.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.