Escolha as suas informações

Covid-9. Parlamento vota hoje o levantamento de várias restrições sanitárias
Luxemburgo 08.01.2021

Covid-9. Parlamento vota hoje o levantamento de várias restrições sanitárias

Covid-9. Parlamento vota hoje o levantamento de várias restrições sanitárias

Foto : Lex Kleren
Luxemburgo 08.01.2021

Covid-9. Parlamento vota hoje o levantamento de várias restrições sanitárias

Diana ALVES
Diana ALVES
Com a aprovação do texto em causa, creches, escolas, lojas, cabeleireiros, piscinas, ginásios, cinemas e teatros voltam a poder abrir as portas na próxima semana.

A Câmara dos Deputados vota hoje o anunciado levantamento de algumas restrições sanitárias, que estiveram em vigor nas últimas semanas para conter a propagação da pandemia da covid-19. Em causa está um projeto de lei que ficará em vigor até 31 de janeiro.

Com a aprovação do texto em causa, creches, escolas, lojas, cabeleireiros, piscinas, ginásios, cinemas e teatros voltam a poder abrir as portas na próxima semana.

 Já o recolher obrigatório volta a ter início às 23:00, e não às 21:00, como atualmente. 

No que toca a cafés e restaurantes, estes estabelecimentos permanecerão encerrados até 31 de janeiro.

A sessão pública no Parlamento tem início marcado para as 14:00. Se for aprovado, o projeto de lei entra em vigor no dia seguinte à sua publicação no Jornal Oficial do Luxemburgo, o que, segundo a Câmara dos Deputados, deverá acontecer este sábado.

Em muitos dos casos, a retoma das atividades será acompanhada de regras estritas. É o caso da reabertura dos comércios, que poderão acolher em simultâneo apenas um cliente por cada dez metros quadrados. No entanto, se a superfície tiver menos de 20 metros quadrados, o comerciante poderá receber duas pessoas ao mesmo tempo.

Embora cinemas e teatros também tenham autorização para retomar as suas atividades, os serviços de restauração vão continuar encerrados. Em todos os locais acessíveis ao público, o consumo de bebidas alcoólicas é proibido.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas