Escolha as suas informações

Covid-19. Testes de anticorpos estão mais simples
Luxemburgo 27.04.2021 Do nosso arquivo online

Covid-19. Testes de anticorpos estão mais simples

Covid-19. Testes de anticorpos estão mais simples

Foto: Guy Wolff/ Luxemburger Wort
Luxemburgo 27.04.2021 Do nosso arquivo online

Covid-19. Testes de anticorpos estão mais simples

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Também chamados de serológicos, estes testes permitem saber se um paciente tem anticorpos contra a covid-19, seja atravé de infeção ou da toma da vacina.

As autoridades de saúde luxemburguesas decidiram alterar recentemente o processo de realização dos testes de anticorpos à covid-19 no âmbito do programa de testagem em larga escala. 

Desde há vários meses que os convites para os também denominados testes serológicos são enviados aos residentes, a par com os vouchers para os testes PCR. O Ministério da Saúde informa agora que o teste sanguíneo que permite o detetar anticorpos da covid-19 passa a ser feito através de uma colheita de sangue a partir do dedo. 

Até à data, o teste era realizado apenas através de uma análise de sangue laboratorial mas passa agora para um método mais simples e menos doloroso para os utentes. A partir de 3 de maio estes testes poderão ser feitos num dos quatro centros de testes drive-in do país, em Mersch, Grevenmacher, Howald e Bascharage.


Estudo. Uma em cada três pessoas infetadas com covid-19 não apresenta sintomas
Investigadores propõe que se façam testes domiciliários frequentes, baratos e rápidos para identificar e conter casos de infeção por covid-19 pré-sintomáticos ou assintomáticos.

Os testes serológicos permitem saber se um paciente já esteve infetado com a covid-19 e/ou ainda, caso tenha sido vacinado, se a vacina produziu anticorpos. 

Entre novembro do ano passado e janeiro de 2021, as autoridades de Saúde efetuaram quase quatro mil testes de pesquisa de anticorpos sanguíneos no Luxemburgo. Em comunicado, o Ministério da Saúde adverte que mesmo que um paciente já possua anticorpos, por já ter estado infetado ou ter tomado a vacina, continu a ter de respeitar as regras sanitárias, uma vez que ainda não é possível saber ao certo quanto tempo dura a imunidade contra o vírus.

Atualmente, está em marcha terceira fase do programa de despistagem em larga escala ('Large scale testing'), que irá vigorar até 15 de julho.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas